O retrato da mulher moderna

1006

por Claudia Queiroz

Tenha fé! Não aquela que espera Deus lhe ouvir. Mas a que lhe faz vibrar na frequência divina. Isso é viver além!

É algo q sentimos, não vemos. Assim como o vento…. que sussurra pensamentos numa espécie de presente na própria história, que desembrulhamos com mais maturidade.

Muitas das minhas verdades mudaram. Outras tantas estão se modificando. Porque caber em si é degustar-se também.

Não me preocupo em analisar os últimos 10 anos numa foto que promove a clássica competição com o tempo…

Sim, nesta queda de braços ele é absoluto! Vence sempre e em todos os sentidos! Mas até o final sou eu quem ganho vida…

Na minha alma não há flacidez, celulite, rugas ou estrias que me deixam insegura na nudez…. Estas todas são cada vez mais cheias de colágeno, brilho e força, pela vida que vivi e a herança que conquistei em cada superação.

Como se meus sorrisos ficassem entre aspas ou meus olhos ganhassem um asterisco. A maquiagem de hoje me enfeita mais do que antes, quando eu escondia minhas sombras ou vazios…

E a coleção de memórias não se refere às coisas do passado. Ela faz ponte com o futuro, porque agora pode mudar caminhos, tornando tudo muito melhor!!!

Quanto mais se experimenta da vida, mais vida a gente quer!

*Claudia Queiroz é jornalista.