O Real Madrid deve demitir o técnico Santiago Solari e reconduzir o multicampeão Zinedine Zidane ao cargo nesta segunda-feira, de acordo com vários relatos da mídia espanhola.
Zidane conquistou três títulos consecutivos da Liga dos Campeões com o Real antes de renunciar ao cargo em maio do ano passado.
A temporada inteira do Real entrou em colapso no espaço de uma semana, com duas derrotas para o Barcelona que resultaram na eliminação do time da Copa do Rei e numa desvantagem de 12 pontos na luta pelo título espanhol. O Real também foi eliminado da Liga dos Campeões na última terça-feira pelo Ajax.
O ex-técnico da Espanha Julen Lopetegui substituiu Zidane em maio, mas foi demitido em outubro, quando Solari assumiu o comando do time do Santiago Bernabéu.
Zidane, que assumiu o time pela primeira vez em janeiro de 2016, venceu a Liga dos Campeões naquela temporada, antes de conquistar a dobradinha da liga espanhola e da Champions em 2017.
Cinco dias depois de uma terceira vitória na final da Liga dos Campeões da última temporada contra o Liverpool, o técnico francês e ex-meia do Real Madrid decidiu se afastar do futebol, dizendo que era o momento certo para partir.
O ex-jogador de 46 anos venceu nove troféus em Madri e é considerado um herói pelos torcedores.
O trabalho de Zidane agora será manter o time entre os quatro primeiros colocados da liga espanhola para garantir classificação para a Liga dos Campeões na próxima temporada. O Real está em terceiro com 11 jogos para jogar e 10 pontos à frente do quinto lugar.
Solari venceu por 4 x 1 o Real Valladolid no domingo, no que parece ter sido seu último jogo como técnico do Real Madrid.

Com Reuters
Foto: reprdoução da internet