A Polícia Federal prendeu quatro pessoas acusadas de hackear o celular de Sergio Moro, informa Fabio Serapião na Crusoé.

Segundo nota divulgada pela Polícia Federal, a Operação Spoofing tem “o objetivo de desarticular organização criminosa que praticava crimes cibernéticos”.

A PF informa que foram cumpridas 11 ordens judiciais, sendo 7 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de prisão temporária, em São Paulo, Araraquara e Ribeirão Preto.

“As investigações seguem para que sejam apuradas todas as circunstâncias dos crimes praticados”, diz a nota.

Fonte: O Antagonista e crusoe.com.br