Osvaldo Nascimento Juniors.:

Como tudo que é importante tem seu dia em nosso calendário, não poderia este néctar dos deuses e dos homens, deixar de ter o seu em especial com a proximidade do inverno, que não marca só a chegada do momento ideal para degustarmos um bom vinho, como reforça a habitual associação que se faz entre o sumo de seu néctar e a prática para reunir pessoas para celebrar, importante para toda a cadeia produtiva do líquido bacante.

GOLES DE HISTÓRIA.

Desde os primórdios da humanidade, o vinho sempre acompanhou o homem em todos os seus momentos, parafraseando Napoleão Bonaparte “Necessário nas derrotas, importante nas vitórias”. Ao degustarmos uma taça de bom vinho, muitas vezes desconhecemos suas origens, até seu nome, mas devemos lembrar que muitos foram os que se dedicaram para que seja hoje este maravilhoso líquido.

Originária provavelmente da Ásia Menor, entre a Pérsia e Armênia, propagou-se a viticultura por toda a Ásia menor no chamado Crescente Fértil para o Egito e depois pelos barcos fenícios, para todo o Mediterrâneo. Os egípcios fizeram vinho muito antes de Baco comprovado pelas descobertas das dinastias egípcias. Dos países mediterrâneos foi sem dúvida a Grécia que testemunhou o esplendor do VINHO na antiguidade dando-nos o primeiro deus vínico Dionísio, Homero e outros o citam gloriosamente. Era usado em cerimônias religiosas, sagradas,  pois até o GRAAL é uma taça de vinho, em libações e festins bem como na medicina. Sabe-se que os vinhos eram doces, diluídos em água e mel e com adição de resina de pinheiro. Possivelmente desse vinho descenda o atual vinho grego muito apreciado, Retzina.

O VINHO, o azeite, o linho e o trigo, sempre acompanharam a civilização. Da Grécia passou a vinicultura seis séculos antes de Jesus ao Grande Império Romano, que em suas conquistas levavam em suas mochilas suas mudas para se alimentarem e difundirem a cultura vínica com as mudas.

OS GRANDES PRODUTORES.

Como enfatizamos sempre em nossas Colunas, Palestras, Cursos de Vinhos e agora em meu livro sobre vinhos VINUM VITA EST- A HISTÓRIA VISTA PELO VINHO, mais que uma poderosa indústria, o VINHO e a comida, são uma maneira de viver e um símbolo nacional da França, cuja rendemos nossa homenagem a esse povo que tem feito do vinho, através dos séculos, uma emoção para a humanidade. A França com suas três regiões: BORDEAUX, BORGONHA e CHAMPAGNE, situam-se acima de todas as outras regiões vinícolas do mundo, representando o VINHO em seu maior esplendor, digna de uma homenagem nesta data tão importante que é o SEU DIA, difundindo suas uvas VITIS VINIFERAS como a Cabernet Sauvignon, Malbec, Merlot, Malbec, Gamay, Pinot Noir, Sauvignon Blanc, Chardonnais, e tantas outras que enviadas ao mundo vínico, hoje são à base de tantas vinícolas em tantos países para gáudio de todos nós apreciadores deste líquido dos Deuses. A Itália também tem um importante lugar neste mundo de Baco, chamada pelos gregos de ENOTRIA TELLUM (Terra do Vinho), com suas esplendorosas condições climáticas e solo, de toda a península e das ilhas próximas, no conjunto, notáveis produtos de vinho, com suas uvas autócnes (próprias) como a Sangiovese, a uva emblemática da Itália chamada de sangue de Júpiter o pai dos deuses romanos, com os Barolos e tantos outros. Portugal com a TURIGA NACIONAL e Espanha com a TEMPRANILLO representando as demais autócnes, muito contribuem para o mundo vínico com seus vinhos maravilhosos e as demais cepas européias. Daí os VINHOS do Novo Mundo, advindos destas uvas maravilhosas já mencionadas. Do século XVIII para cá a ciência encarregou-se de sua evolução em especial com o processo de fermentação. Hoje o vinho é produzido em diversas partes do mundo. São mais de quatro mil vinícolas, mais de dois milhões de rótulos espalhados por todo o planeta e dez países produzem praticamente 80% da produção mundial convertendo-se em potências mundiais com   faturamento de bilhões de dólares, empregando milhões de pessoas e criando uma nova forma de turismo no mundo O ENOTURISMO. Hoje além de cultura, arte e uma grande fonte de receita,  o vinho é um produto apaixonante. Merece nosso respeito pelo legado deixado e o quanto representa na humanidade  O Brasil já ocupa o 13º lugar no mundo em produção com qualidade, que além do Vale dos Vinhedos no RS, com 85% da produção, já incluído no 8º lugar de destino turístico do planeta e descobrindo um novo terroir antes impossível, o paralelo 8 Bahia e Pernambuco, no Vale do São Francisco com duas safras por ano e já com vinhos premiados Deixamos como homenagem ao SEU DIA um pensamento de Luís Fernando Veríssimo que expressa bem nossa PAIXÃO:

BEBA VINHO PARA O ESPÍRITO E

PARA A BOA DIGESTÃO.

BEBA VINHO NA FESTA E

BEBA VINHO NA SOLIDÃO.

BEBA VINHO POR CULTURA

OU POR EDUCAÇÃO.

BEBA VINHO POR QUE…

BEM, VOCE ENCONTRARÁ UMA RAZÃO.

EVOE, Brado de Saudação a DIONÍSIO e BACO por seus súditos. Um brinde ao vinho no seu DIA. Saúde.

Osvaldo Nascimento Juniors.:

Advogado, Empresário, Enófilo, Sommelier, Colunista e Palestrante de Vinhos, Autor do livro sobre vinhos VINUM VITA EST – A HISTÓRIA VISTA PELO VINHO pela  Editora Prismas de Curitiba, sucesso de vendas em nossos cursos e palestras, numa viagem didática e cultural ao universo da Enologia. Adquira-o pelo fone (41)996889252 ou pelo email: osvaldopinheiro@gmail.com