Ninguém é Ninguém em Curitiba

538

Uma performance, batizada por  Ninguém é Ninguém em Curitiba, para chamar atenção para a ‘invisibilidade’ de 1700 moradores de rua,  acontecerá nesta sexta-feira 29, a partir das 18h30, no calçadão da Rua das Flores, entre a Travessa Oliveira Bello e a Dr. Muricy. Coordenados pela performer Maria Inês Hamman, artistas com máscaras nada expressivas irão se movimentar em ritmo lento, por até 40 minutos.

“Essas pessoas em situação de rua sofrem também com a indiferença. Eles parecem ser invisíveis à pressa do cotidiano”, diz M. Inês, que observa: “Nossa ação tem por objetivo quebrar esse automatismo do dia-a-dia. Com a ruptura desse cotidiano, poderemos ver essas pessoas que vivem em situações precárias, até nos sensibilizarmos e ajudarmos da forma como for possível; nem que seja conversando e ouvindo suas histórias”.

A performance tem  apoio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura  da UFPR, com produção da PalavrAção.  E os artistas são membros dos grupos artísticos da universidade e estudantes de teatro e produção cênica.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCharge 28-09-2017
Próximo artigoOS PARALAMAS em nova turnê