Moradores elegem as prioridades para os bairros da regional em 2020. Foto: Divulgação

Moradores dos doze bairros da Regional Santa Felicidade votaram e elegeram suas prioridades para a composição da Lei orçamentária Anual LOA de 2020. O fim do processo de escolha das demandas foi realizado na ultima quarta-feira (7/8), com participação de mais de 150 pessoas da comunidade, na audiência do programa Fala Curitiba, realizada no auditório da Rua da Cidadania.

As demandas que receberam o maior número de votos foram: adequar o quadro de profissionais nas Unidades Básicas de Saúde da regional (207 votos); aumentar o efetivo da Guarda Municipal no Parque Tingui e o patrulhamento em pontos de venda de drogas identificados nas imediações do parque (204 votos); implantar um Armazém da Família no bairro São Brás (199 votos); estudo para realinhamento da curva da Rua João Azolin com a Nicolau José Gravina (179 votos); e correção geométrica e sinalização na confluência das ruas Carlos Razera, André Zanetti e Arthur Leinig, em frente ao Farol do Saber Machado de Assis (170 votos).

“Mais uma etapa vencida, com ampla participação da comunidade que como sempre doam atuantes e comprometidos com futuro dos nossos bairros e de nossa Cidade”, disse Simone Chagas Lima, administradora da Regional Santa Felicidade.

Moradora do bairro São Braz, Dilce Goreti Simonetti soube da reunião por uma divulgação feita pela associação de moradores. “Vim pedir melhorias em ruas e abertura para circulação, que vão melhorar a frequência de pessoas e evitar o esconderijo de bandidos nessas travessias improvisadas”, ressaltou a moradora.

As demandas solicitadas por ela não ficaram entre as cinco mais votadas pela população, mas, assim como todas as demais não eleitas, serão encaminhadas para análise dos órgãos responsáveis.