Miss Brasil com enfoque fashion

602

O Concurso Miss Brasil 2019,  que elegeu a jornalista mineira Júlia Horta e tem se glamourizado nas últimas edições com patrocínio da Be Emotion, vem se notabilizando no  “enfoque fashion”, com produção de moda de Sator Endo e um júri que contou com o estilista Alexandre Herchovitch,  a atriz-modelo Luiza Brunet e o cabeleireiro Marcos Proença.

Um destaque de elegância foram os enfeites de cabelos das candidatas, a cargo do Atelier de Madame Olly,  de Diaulas Novaes, que há mais de 50 anos cria chapéus, casquetes, grinaldas e fascinators. Para essa edição do concurso, foram feitos acessórios de cabeça (headpieces) com plumas, crinol, palhas importadas, miçangas e pedrarias. As misses usaram as peças para compor looks esportivos e sofisticados , em um hotel em Campos do Jordão. (Na foto, os headpieces-fascinators usados pela cearense Luana Lobo, classificada em 2º lugar, e pela paulista Bianca Lopes, 3º lugar).

O Atelier Madame Olly, que funciona numa ampla casa na Rua Cayowaa do bairro paulistano de Perdizes, conta também com a Escolinha Fashion, que oferece cursos práticos de moda, chapéus e flores, sua especialidade.