A rede conta com 60 lojas em todo o país e mais de 3.500 rótulos cadastrados, sendo oito rótulos próprios

Patrícia Vieira

O Mestre-Cervejeiro.com que surgiu em Curitiba, em 2004, como um site voltado para apreciadores de cerveja se tornou uma das maiores redes de comercialização de rótulos de cervejas artesanais do país. A rede que abriu o sistema de franchising em 2012, atualmente conta com mais de 60 lojas, 3.500 rótulos cadastrados e oito rótulos próprios.
Daniel Wolff, fundador e CEO da Mestre-Cervejeiro.com. vê o futuro do mercado de cervejas artesanais no Brasil de forma promissora. “A revolução está apenas começando. Vamos pegar como exemplo o mercado americano, atualmente é o segundo maior mercado de cervejas do mundo. E hoje o nicho das cervejas artesanais já chegou a quase 20%. No Brasil, que é o terceiro maior mercado, o nicho das cervejas artesanais não chega a 1,5% e vem crescendo na casa de dois dígitos ano a ano. Já pensou o quanto ainda tem para crescer?!”, ressaltou.
Para este ano a rede espera faturar R$ 23,5 milhões e inaugurar mais 10 lojas da marca.

DI&C: Como surgiu a ideia de criar o Mestre-Cervejeiro.com em um período em que o mercado de cervejas artesanais ainda era pouco conhecido no Brasil?
Wolff: A ideia de criar o Mestre-Cervejeiro.com, que na época era somente um site, não tinha vinculo com mercado. A visão era muito simples, era falar de cerveja! De quem gosta para quem quer saber mais. Mostrar para o público que a cerveja não precisa ser sem gosto, sem aroma e sem graça. Na época, tínhamos poucos rótulos e ficávamos limitados as grandes marcas. Uma ou outra micro cervejaria estava surgindo. E a grande maioria só tinha provado até então a Pilsen de sabor massificado.

DI&C: Dez anos após a inauguração da primeira loja física em Curitiba, a Mestre-Cervejeiro.com é considerada a maior rede de lojas de cervejas artesanais do Brasil com mais de 60 unidades em todas as regiões do país. Quais os principais fatores que contribuíram para essa expansão?
Wolff: Fomos pioneiros em falar de cerveja, e também em criar um modelo de loja especifico de cervejas artesanais. Com isso tivemos propriedade sobre o assunto, começamos a ser chamados para conduzir aulas, eventos, workshops sobre cerveja em todo o Brasil. Recebemos convites para participar de concursos cervejeiros tanto aqui como fora. Viramos referência no mercado das cervejas artesanais. E isso foi o grande fator para contribuir para a expansão.

DI&C: Em 2012 foi inaugurada a primeira franquia da marca. Como funciona o sistema de franchising do Mestre-Cervejeiro.com?
Wolff: O nosso sistema de franchising é com base na lei de franquia e aprovado pela ABF – Associação Brasileira de Franchising. Para se tornar um franqueado, o interessado precisa passar pelo processo de seleção e formalização. Oferecemos a transferência de know-how, suporte e treinamentos aos franqueados desde escolha de ponto.

DI&C: Quantos rótulos são comercializados pelo Mestre-Cervejeiro.com? Como funciona o processo de seleção das cervejas?
Wolff: Hoje temos mais de 3.500 rótulos cadastrados, que ficam disponíveis para venda nas lojas e oito rótulos próprios – onde alguns desses próprios já receberam premiações tanto no Brasil como no exterior. A cervejaria ou fornecedor que deseja entrar na rede deve enviar amostras para a franqueadora fazer análise sensorial dos produtos, e caso sejam aprovados, são cadastrados no sistema para que o franqueado possa comercializar.

DI&C: O Mestre-Cervejeiro.com possui cervejas de marca própria? Como são produzidas?
Wolff: Sim. No final de 2008 lançamos a oitava cerveja da marca. Neste caso atuamos como “cervejaria cigana”. Chamamos cervejarias parceiras para contribuir nas receitas e produzir a bebida.

DI&C: Quais os diferenciais das lojas Mestre-Cervejeiro.com?
Wolff: Somos especialistas do universo cervejeiro. Nosso público vai dos leigos até profundos conhecedores e a todos eles oferecemos atendimento que chamamos de “consultivo”, o qual conversamos com os clientes para recomendar as melhores opções, cada cliente à sua maneira. Sempre buscamos ter produtos diferenciados, tanto cervejas quanto produtos exclusivos da rede. As nossas lojas são ambientes bem democráticos, a ideia é que todos se sintam bem. Inclusive as nossas lojas são Pet Friendly, e todas contam com bancadas com tomadas e wi-fi liberado para o cliente trazer o seu laptop e se sentir a vontade.

DI&C: É possível afirmar mercado de cervejas artesanais viveu seu apogeu nos últimos anos ou ainda tem espaço para crescer? Como vê o futuro do mercado?
Wolff: A revolução está apenas começando. Vamos pegar como exemplo o mercado americano, atualmente é o segundo maior mercado de cervejas do mundo. E hoje o nicho das cervejas artesanais já chegou a quase 20%. No Brasil, que é o terceiro maior mercado, o nicho das cervejas artesanais não chega a 1,5% e vem crescendo na casa de dois dígitos ano a ano. Já pensou o quanto ainda tem para crescer?!

DI&C: Quantas cervejas a loja de Curitiba comercializa mensalmente? Quantas cervejas a rede comercializa por mês?
Wolff: Falando de números gerais, não somente de uma única loja, a média de rótulos trabalhados por loja é de 150. E o volume em faturamento mensal comercializado pela rede em 2018 foi de R$ 1,75 milhões.

DI&C: Qual a expectativa de faturamento do Mestre-Cervejeiro.com para 2019?
Wolff: A expectativa de faturamento da rede é de R$ 23,5 milhões.

DI&C: Quais os principais projetos do Mestre-Cervejeiro.com para os próximos anos?
Wolff: O nosso projeto para os próximos anos é continuar a levar a cerveja artesanal para todos.

PERFIL
Fundação: 2004
Área de atuação: Lojas de Cervejas Artesanais
Local de atuação: Brasil
Localização: Franqueadora Curitiba PR Brasil
Proprietários ou acionistas: Franqueadora – 2 proprietários / 62 franquias com proprietários próprios.
Funcionários: 13
Projeção de crescimento para 2019: Mais 10 lojas em 2019

HISTÓRIA
Em 2004 a Mestre-Cervejeiro.com nasceu como website que tinha como objetivo divulgar a Cultura da Cerveja. Foi aberta a primeira loja em 2009 em Curitiba/PR. E, em 2012, foi implementado o sistema de franquias de lojas especializadas. Desde então a rede vem evoluindo e hoje conta com mais de 60 unidades em todo o país e mais de 3.500 rótulos cadastrados para venda nas lojas e 8 rótulos próprios.