Curitiba fez parte  de uma série de roadshows realizada  no  Brasil, pela empresa de origem alemã Messer Gases, com objetivo  de promover a “virada de chave” da mudança de marca. Ou seja, a Linde Gases agora  é  Messer Gases que chega às Américas após Grupo Messer e CVC concluírem aquisição, formando a maior empresa de gases com capital fechado no mundo.

O evento, em Curitiba, realizado no restaurante Badida, contou com a presença do  Diretor de Operações da Messer Gases, Rodrigo Casado e o CEO, Scott Latta, além de clientes. O jornal DIÁRIO INDÚSTRIA & COMÉRCIO (página “CAPITAL& NEGÓCIO” impresso e site), esteve presente ao evento da   Messer Gases, ex-Linde Gases, que  é uma companhia especializada em gases industriais, medicinais e alimentícios.

Em entrevista exclusiva ao jornalista Luiz Augusto Juk, o Diretor de Operações da Messer Gases, Rodrigo Casado disse que Grupo Messer e a CVC Capital Partners Fund VII anunciaram a conclusão da aquisição de determinados ativos da Linde plc na América do Norte e do Sul. A Messer Américas oferece os mesmos produtos, serviços e pessoas que os clientes conhecem e confiam. Juntamente com o Grupo Messer, a empresa representa um empreendimento global acima de US $ 3 bilhões que inclui presença nas Américas, Europa e Ásia.

A operação abrangeu negócios nos Estados Unidos, Brasil, Chile, Colômbia e Canadá. A divisão de propriedade na operação é de 58% do Grupo Messer e 42% da CVC.

Segundo Rodrigo Casado,“a Messer atua em segmentos industriais diversos como alimentos e bebidas, processos químicos, papel, celulose, metais, eletrônicos, soldagem e combustão. Além disso, atua fortemente no segmento medicinal e no fornecimento de gases especiais.”

E prosseguiu: “No Brasil,  a Messer atua em segmentos industriais diversos como alimentos e bebidas, processos químicos, papel, celulose, metais, eletrônicos, soldagem e combustão. Além disso, atua fortemente no segmento medicinal e no fornecimento de gases especiais.”

Já o CEO da Messer Brasil, Scott Latta, ao falar durante o jantar em Curitiba, disse que “a Messer chega ao Brasil com força total. Estamos cada vez mais fortes, focados no aumento da capacidade, confiabilidade e agilidade de nossas plantas. Trabalharemos para tornar a Messer Brasil a escolha principal para ser fornecedora de gases industriais, medicinais e especiais, apresentando como diferencial nossa preocupação com segurança e foco num atendimento ágil e confiável para nossos clientes e na proposta de soluções inovadoras e personalizadas a cada necessidade e objetivo de cada um deles”.

Com mais de 70 unidades operacionais em 5 países da América do Norte e do Sul, incluindo o Brasil, a Messer Américas é uma das 3 maiores empresas de gases industriais e medicinais da região. Como parte do Grupo Messer, a empresa oferece mais de 120 anos de experiência comprovada na produção e entrega segura e confiável de gases industriais, medicinais e especiais.

Em 1º de março de 2019, o Grupo Messer e a CVC Capital Partners Fund VII (CVC) adquiriram a maior parte dos negócios de gases da América do Norte da Linde plc, bem como certas atividades comerciais da Linde e da Praxair na América do Sul. A Messer foi fundada em 1898 e hoje é a maior empresa familiar especializada em gases industriais, medicinais e especiais em todo o mundo. Sob a marca Messer – Gases for Life, a empresa oferece produtos e serviços na Europa, Ásia e Américas. As atividades internacionais são gerenciadas a partir de Bad Soden, perto de Frankfurt am Main.

Stefan Messer, proprietário e CEO do Messer Group GmbH, trabalha em conjunto com os mais de 11.000 funcionários em todo o mundo  O Grupo Messer gerou vendas consolidadas de 1,3 bilhão de euros em 2018.

Impacto do Cadastro Positivo na economia

Luiz Rabi: “O Cadastro Positivo gera impacto de uma Reforma da Previdência
Hilgo Gonçalves: “Impacta na melhora da experiência no relacionamento entre clientes e instituições financeiras”

Depois que a Lei do Cadastro Positivo, foi sancionada pelo Governo Federal  o impacto na economia é visto positivamente pelo mercado financeiro. “O Cadastro Positivo gera impacto de uma Reforma da Previdência”, disse Luiz Rabi, economista da Serasa Experian, durante evento relizado no início do mês  em São Paulo, promovido pela Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (ACREFI).

Ele ressaltou que há impactos ponteciais de R$ 600 milhões de aumento das operações de crédito -PJ, além de incremento de mais de 450 bi em 10 anos de impostos federais e mais de 206 bi de arrecadação estadual. “Teremos uma inclusão financeira de 2,5 milhões de MPMEs. Isso é importante para o crescimento nacional”, pontuou

O novo patamar para o mercado de crédito, segundo ele, aumentará para 66% a relação crédito/PIB. “Algo em torno de R$ 1,3 trilhão em 10 anos. Um movimento que nos coloca no nível de Países que já operam o cadastro há muitos anos”, afirmou Rabi.

Já o  presidente da ACREFI, Hilgo Gonçalves, declara que a aprovação do Cadastro Positivo é um passo muito importante no aumento de competitividade no Sistema Financeiro Nacional (SFN), redução de taxas de juros, inclusão no mercado de crédito de cidadãos e pequenos empresários.

“Impacta na melhora da experiência no relacionamento entre clientes e instituições financeiras. O PIB deve alcançar 1,4%, inflação 3,70% e a Selic poderá ser menor – em torno entre 6,0% e 5,5% – com a aprovação de uma reforma da Previdência consistente.  O crédito recursos livres para pessoa física cresceu 5,2% em 2017, 11,3% em 2018 e estimamos um crescimento nominal de 9% em 2019. O Crédito Recursos Livres para Pessoa Física, ligado ao Consumo e Liquidez das Famílias, continuará liderando a expansão”, avaliou.

Ferramenta inédita no segmento  serviços

As empresas de contabilidade estão recebendo nesse mês um presente da SCI Sistemas Contábeis. Trata-se do lançamento do ISS Legal, uma ferramenta inédita no mercado que agiliza o serviço do profissional em contabilidade.  “Prático e inovador, o  recurso agiliza a rotina da empresa contábil, buscando nas próprias prefeituras as Notas Fiscais de Serviços Eletrônicas (NFS-e) e dos seus clientes do segmento. Tudo de maneira automatizada e previamente programada”, explica o diretor de tecnologia e marketing da empresa, Elinton Marçal.

Para realizar o procedimento, o usuário deve apenas agendar o dia do mês por empresa (CNPJ) e a ferramenta buscará online todas as notas fiscais daquele período. A contabilidade ganha em agilidade ao não precisar esperar que o cliente lhe forneça os documentos.

O ISS Legal já está implementado em 773 municípios. Porém, funcionando agora, nesse estágio inicial, são 18 cidades (Americana, Campinas, São Paulo e Ribeirão Preto (SP), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Curitiba (Pr), Florianópolis, Blumenau, Gaspar, Jaraguá do Sul e Joaçaba (SC), Palmas (TO), Porto Alegre, Lageado, Monte Negro (RS), Rio de janeiro (RJ) e Manaus, no Amazonas. “É que a homologação para que a ferramenta funcione precisa ser feita em parceria com as empresas contábeis e a Prefeitura, pois necessita de dados reais para que seja testado seu pleno funcionamento”, diz Marçal. Se a contabilidade adquirir o ISS Legal SCI e precisar utilizá-lo onde ainda não foi homologado, poderá fazer essa solicitação de inovação na área do cliente, no site da SCI. Dessa forma, o setor de Desenvolvimento entrará em contato para agilizar o funcionamento do recurso na cidade desejada.

Business CWB 4.0 nesta quinta-feira

Clóvis de Barros Filho : Inovação é criatividade e imaginação.

Com objetivo de despertar um novo olhar para o mercado e apresentar novas técnicas bem-sucedidas no mercado corporativo, a  Neoconnection realiza nesta quinta-feira (16) às 20h00, no Teatro Positivo, o Business CWB 4.0, com os renomados palestrantes Clovis de Barros Filho e Guilherme Machado.

Com o tema “Inovação: Conceito, Atitude e Identidade”, o professor, consultor e escritor Clóvis de Barros Filho, irá refletir sobre a importância do processo de inovação para alcançar o progresso, pois ela é tão necessária em tempos de bonança quanto nas crises. Barros destaca que Inovação é criatividade e imaginação. E, que para inovar, é preciso se conhecer, conhecer o mundo, as virtudes e dificuldades das atividades e, sobretudo, é preciso confiança e coragem.

O palestrante Guilherme Machado, precursor da comunidade “Quebre as Regras”, participa do Business CWB 4.0 com o tema “Quebre as regras e torne-se um profissional de alto impacto”. No momento, ele é considerado a maior autoridade em fazer profissionais e empresas do mercado imobiliário a saírem do anonimato para se tornarem líderes em seus segmentos. Com uma metodologia própria, coloca “alma” nos serviços e produtos, construindo uma alta percepção de valor e fazendo com que as empresas e os profissionais tornem-se a única e melhor opção do cliente, e não apenas a mais bem paga.