Mercado da saudade

552

Brasileiros que moram no exterior e abrem um empreendimento nesses países representam um mercado de trabalho conhecido como “mercado da saudade”. O termo se refere à saudade que essas pessoas sentem de itens comuns no Brasil, como alimentos típicos e estilo de vida, e que os motiva a abrir um negócio relacionado a esses temas. O segmento comercializa produtos nacionais para as comunidades brasileiras no exterior.
Além de alimentos, vestuário e outros bens de consumo, os empreendimentos englobam também serviços como salões de beleza, academias de musculação, de dança e de capoeira.
Como a crise econômica por aqui está forte, é normal que mais e mais brasileiros queiram morar fora e ter negócios longe da terra natal. Ao todo, o Brasil tem cerca de 3,1 milhões de cidadãos vivendo em outros lugares do mundo.
Se a situação do Brasil não melhorar, com condições mais dignas para a vida dos cidadãos, mais emprego, mais renda e mais honestidade por parte do próprio povo e, principalmente, do governo, o Brasil continuará perdendo cidadãos para o exterior, onde a vida é melhor e as possibilidades de desenvolvimento são muito mais reais.