O governo do Rio de Janeiro oficializou a candidatura do Estádio Jornalista Mário Filho – Maracanã – para sediar a final da Copa Libertadores da América 2020. A final, que era disputada em dois jogos até o ano passado, passará a ser, a partir deste ano, decidida em apenas uma partida.
A partida decisiva da Libertadores 2019, por exemplo, será disputada no Estádio Nacional, em Santiago, no Chile. A oficialização da candidatura do Maracanã foi entregue quinta-feira pelo governador do Rio, Wilson Witzel, ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo.