Mais um acordo

675

Novo acordo de leniência firmado pelo Ministério Público do Paraná no âmbito da Operação Quadro Negro resultará na devolução de R$ 1.408.000,00 aos cofres públicos do Estado. O termo, homologado na última terça-feira, 10 de dezembro, pelo Conselho Superior do MPPR, foi firmado pelo Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria) de Curitiba com a Construtora Aghora Ltda, uma das empresas investigadas na operação que apura desvios de recursos para construção e reformas de escolas no estado.

O valor equivale à multa da Lei de Improbidade Administrativa. O ressarcimento integral do dano causado com os desvios praticados (de R$ 803.668,02) foi objeto de ajuste assinado anteriormente com a empresa Village Construções Ltda, uma vez que se trata dos mesmos fatos.

Esse é o quinto acordo de leniência firmado pelo MPPR relacionado à Operação Quadro Negro. Já assinaram termos semelhantes a MI Construtora de Obras (R$ 90.000,00), a Atro Construção Civil (R$ 391.738,69), a TS Construção Civil (R$ 1.234.107,62) e a Village Construções Ltda. (R$ 1.807.336,04).

Weintraub pode sair

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, entra em férias pela segunda vez em menos de um ano no cargo e há grandes possibilidades de que não volte ao cargo. O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) também já teria pedido a cabeça de Weintraub e estaria colhendo indicações de colegas para a pasta. (Fórum).

PF investiga

Após um ano de investigações sobre suposto esquema de fraudes em contratações feitas por prefeituras do Pará, a Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (12) a Operação Vissaium, para cumprir 23 mandados de busca e apreensão, 10 de prisão preventiva e quatro de prisão temporária, em 10 cidades paraenses. Entre os alvos da operação está o vice-governador Lúcio Vale (PL).

Evo Morales na Argentina

O ex-presidente boliviano Evo Morales está na Argentina com status de refugiado. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (12) pelo ministro de Relações Exteriores argentino, Felipe Sola, em um programa de televisão local. Em novembro, Morales foi para o México após deixar a presidência, sob pressão das Forças Armadas bolivianas e em meio a uma onda de protestos por sua

Moro inaugura

O ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) inaugura na próxima segunda-feira, o Centro Integrado de Operações de Fronteira em Foz do Iguaçu, espaço localizado no Parque Tecnológico Itaipu. Participam ainda do ato, o governador Ratinho Junior e o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna. Segundo Moro, o centro vai fortalecer a integração entre os agentes de segurança pública no combate ao crime organizado transnacional e atuará prioritariamente em três frentes: operação ostensiva, auxílio de investigação e combate ao crime organizado.

Profeta

As medidas adotadas até agora na área da Previdência, segundo as profecias do ministro Paulo Guedes, da Economia, permitirão uma economia de R$ 4,108 trilhões nos próximos 20 anos. Se a economia de R$ 1 trilhão em dez anos é alcançada, considerados os quatro projetos aprovados neste ano, o ganho estimado é de outro R$ 1 trilhão no período. Mais: Guedes acha difícil a retomada da economia em 2020, ano de eleição.

Coincidências

Na nova operação da PF, estão sendo investigados os filhos de Lula Fábio Luis, que o ex-presidente chamava de “Ronaldinho dos negócios”, Marco Cláudio, Sandro Luis e Luis Cláudio que, por coincidência, estavam envolvidos em negócios com Jonas Suassuna e a família Bittar, donos do sítio em Atibaia. Outra coincidência é que a juíza Gabriela Hardt foi quem recusou a prisão preventiva de Lulinha (Fábio Luis) pedida pelo Ministério Público e pela Polícia Federal. Gabriela foi quem condenou Lula no caso do sítio de Atibaia.

Pregação

Rodrigo Maia, presidente da Câmara, está na Europa, onde encontrará especialmente líderes mundiais que foram ignorados ou atacados por Jair Bolsonaro. A viagem é parte de seu esforço para melhoria da imagem do Brasil. Nos últimos seis meses, Maia teve 18 encontros públicos, apenas em São Paulo, com empresários, representantes do mercado financeiro, pessoal da renovação política e especialistas em educação. Os encontros acontecem quase sempre às segundas-feiras, quintas e sextas.

Recordista

Para se movimentar pelo país, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, transformou-se em recordista absoluto no uso de jatinhos da FAB neste ano, quando totalizou (até agora) 229 viagens e nada menos do que 2.131 passageiros caronas. O uso de avião da FAB é permitido ao vice-presidente, ministros e presidentes da Câmara, Senado e Supremo. Dias Toffoli já realizou 87 viagens a serviço, levando 1.091 passageiros, Alcolumbre, presidente do Senado, 43 viagens com 743 pessoas, incluindo passeio a Orlando (EUA).

Quem toca

Ainda Rodrigo Maia: na semana passada, durante almoço organizado pelos Instituto dos Advogados do Brasil, ele falava sobre as perspectivas do ano legislativo de 2020, um dos presentes comentou: “Enquanto Bolsonaro fica lá com as briguinhas dele, é esse cara que toca o país, né?”.

Homem na Lua

A empresa 2 Share Produções e Representações queria, via Pronac, conseguir autorização para R$ 22,4 milhões de incentivos fiscais para montagem de uma exposição sobre os 50 anos do homem na lua, em São Paulo. A generosidade do Pronac foi menor e liberou R$ 17,9 milhões. A exposição, por esse volume de gastos, deve incluir um passeio lá em cima.

 

Tradicional “V”

Empossados, Alberto Fernández e Cristina Kirchner fizeram o tradicional “V” de vitória, imortalizado por Churchill na Segunda Grande Guerra. Nada de “arminha” de Bolsonaro, “L” de Lula ou “V” deitado de João Doria. O ex-presidente , aliás de vez em quando, levanta um braço com punho fechado, símbolo esquerdista usado por Hugo Chávez e na Guerra Civil espanhola.

Primos entre si

As acusações contra o ex-procurador geral da Justiça do Rio, Cláudio Lopes são motivo de apreensão nos corredores da CBF. Investigado por corrupção e formação de quadrilha, Lopes sempre foi muito chegado ao primo Carlos Eugenio Lopes, vice-presidente jurídico da CBF. “Carlô”, como é mais conhecido, atravessou as gestões de Ricardo Teixeira e Marco Polo Del Nero, ambos banidos do futebol da Fifa.

Vitrine

A TV Escola, que vem exibindo programa protagonizado por Olavo de Carvalho e Rafael Nogueira, da Biblioteca Nacional (é emissora pública, mantida pelo Ministério da Educação) vai colocar no ar, na semana que vem, a série Meia Volta, Vou Ler, mostrando qualidades das escolas cívico-militares, maior vitrine educacional de Bolsonaro. A ex-diretora da TV Escola. Regina de Assis, sob diversos governos, diz que “estão desmontando tudo o que não vem desse pseudofilósofo” (alusão a Olavo de Carvalho).

Ginástica, não

Há dias, o ginasta Diego Hypólito foi conversar com Bolsonaro, posou para fotos e depois foi criticado pelo encontro por entidades de defesa de gays. Agora, há quem diga que o encontro foi o “beijo da morte” para Hypólito e seus colegas. A Caixa vai encerrar a longa parceria com a Confederação Brasileira de Ginástica, depois da Olímpiada de Tóquio. O contrato de patrocínio é de R$ 5 milhões por ano.

Guerra de togas

Tribunais estaduais estão se recusando em adotar o Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU), desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça, comandado por Dias Toffoli. É uma ferramenta virtual para controle de cumprimento de penas e dados carcerários. Tribunais de São Paulo e Santa Catariana entraram com mandado de segurança e o prazo limite para adoção do sistema é hoje. Toffoli estaria disposto a punir os rebeldes no âmbito financeiro, com a paralisação de repasses de recursos federais para as cortes estaduais que não aderirem ao SEEU.

Direita, volver!

Jair Bolsonaro aguarda a posse do novo presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou (será dia 1º de março) para propor no Mercosul a criação de uma comissão permanente para discutir questões de ordem religiosa. Ele acredita que terá em Lacalle Pou, de centro-direita, um aliado para pendurar a agenda de costumes no Mercosul.

Com o Papa

Damares Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos irá se encontrar com o Papa Francisco amanhã no Vaticano. E levou junto a primeira-dama Michelle Bolsonaro. Como são evangélicas, a conversa entre elas e o pontífice deverá ser sobre políticas públicas destinadas às comunidades que ficam nas ribeirinhas da Amazônia e sobre pessoas portadores de deficiência.

Frases

 “Está cheio de traíra o partido que eu deixei para trás”.

Jair Bolsonaro