Maior contrabandista de cigarros do Brasil é expulso do Paraguai e entregue à Polícia Federal

414

Um homem suspeito de ser um dos maiores contrabandistas de cigarros do Brasil foi entregue à Polícia Federal na noite desta sexta-feira (24), na Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

A entrega foi feita por autoridades paraguaias, após ele ficar quase um ano preso no país vizinho.

Segundo a Polícia Federal, o homem foi preso em março do ano passado, em Assunção, no Paraguai, quando chegava ao Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi.

Ainda de acordo com a PF, a prisão aconteceu com apoio da Interpol e da Direção Geral de Migração do Aeroporto.

O suspeito já foi alvo da Operação Contorno Norte, deflagrada em Maringá, em junho do ano passado. Na ocasião, foram apreendidos mais de 200 caminhões com cigarro da organização criminosa, boa parte deles com registro de furto ou roubo.

A Polícia Federal informou ainda que o homem já foi alvo de outras operações policiais, em uma delas, foi condenado a 36 anos de prisão pela Justiça Federal, em Guaíra, também no oeste do Paraná.