O Japão, Estados Unidos e União Europeia concordaram em pedir por regras globais mais rigorosas para subsídios industriais, aparentemente tendo a China em mente.

O ministro da Economia, Comércio e Indústria do Japão, Hiroshige Seko, se reuniu com o representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, e a comissária de Comércio da União Europeia, Cecilia Malmstrom, em Paris, na quinta-feira.

Seko afirmou que houve avanço substancial em cada uma das questões acerca das regras para subsídios a indústrias, e que concordaram em discutir a questão na Organização Mundial do Comércio.

O governo chinês vem oferecendo, há muito tempo, tratamento preferencial a indústrias do país, sob forma de subsídios. Críticos afirmam que subsídios excessivos prejudicam o comércio justo e podem distorcer a competição global.

Com NHK