O estilista Ivan Aguilar celebra  três décadas de moda masculina e, mais recentemente a feminina, com um fashion show, nesta quinta 30 de maio, às 2030h, no Centro de Convenções de Vitória, capital capixaba. Na passarela 40 looks. Detalhe: é a primeira vez que ele lança uma coleção inédita no Espírito Santo, onde traçou régua e compasso nesse tempo todo.

Mineiro de nascimento, o estilista foca na alfaiataria de talho seco e preciso, combinada com sportswear. Sua criação é fruto de experiências degustadas por andanças pelo Brasil, ao redor do globo e pelos recantos de Pedra Azul, no Espírito Santo.

Para comemorar seus 30 anos dedicados à moda, ele criou a coleção Urban Folk e convocou o amigo Claudio Santana, que acaba de dirigir os desfiles em Fortaleza (DFB Festival), para produzir a apresentação na passarela.

“Existe um movimento global de retorno ao campo, ou pelo menos em direção daquilo que remete a ele; um neo arcadismo social decorrente do cansaço da vida frenética, da escravidão das mídias sociais, do excesso do whatsapp e seu esgotamento mental. Quando isso acontece, o homem se volta para a natureza”, diz Ivan Aguilar a propósito da atmosfera rural inglesa de sua coleção.

 

Clássicos do cinema como Retorno a Howard’s End (1992) e Vestígios do Dia (1993), de James Ivory, são inspiração, assim como O Terceiro Tiro (1955), de Alfred Hitchcock. É nesse clima campestre sofisticado que se situa o tema inspiracional: o barulhinho das folhas secas arrastadas pela brisa, os raios de sol suaves iluminando os tons terrosos, a luz da manhã que aquece a varanda da cabana e evoca a sensação de aconchego.

Os blasers, calças, ternos, costumes clássicos, jaquetas, bombers, shorts, pijamas e overcoats comparecem com o DNA do designer – perfeição no corte e no acabamento e ousadia nos forros em composê. As camisas vêm em seda com cores adamascadas.

Na cartela de cores, os terrosos ocre, toffee, café au lait, nougat, conhaque, uísque, amêndoa, macadâmia, marzipã e cáqui são aquecidos por vermelhos queimados ao lado dos cinza,  preto, marinho. Padronagens: xadrezes – príncipe de Gales, madras, tartans e Burberry, geométricos e monogramas que remetem aos anos 2000.

Atenção : Parte da renda será revertida para a OSGADE, obra social Gabriel Delanne, organização sem fins lucrativos que cuida da educação, nutrição, cultura, esporte e lazer de crianças e adolescentes carentes em risco social, na comunidade de Novo Horizonte, em Cariacica-ES. Ultimamente, Ivan anda focando no engajamento. No Natal, ele arrecadou quase uma tonelada de material escolar para outra instituição na região da Serra Capixaba. “Essa postura é coerente com o caráter da minha trajetória, uma marca registrada da grife. Atuo em diversas frentes de amparo desde muito tempo”, lembra Ivan.