Instituto Paraná Reciclagem está perto de se tornar realidade

696

Nas próximas semanas, sindicatos do Paraná devem assinar o requerimento para a fundação do InPAR. Entre eles estão o Sincabima, Sindicarne, Sindiavipar, Sinduscafé, Sinditrigo e Sipcep. “No dia 31 de outubro, nos reunimos na FIEP e, após muitas discussões, avançamos nas negociações para a criação do instituto, que tem como propósito promover a adequação das empresas do setor de alimentos à Política Nacional de Resíduos Sólidos, a fim de minimizar os impactos de suas atividades ao meio ambiente”, afirma o Presidente do Sincabima, Rommel Barion.
Barion ressalta que existe um compromisso assinado entre o grupo de sindicatos e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – a SEMA. O InPAR, que deve ter apoio da FIEP, ajudará as empresas a cumprirem o Programa de Logística Reversa, por meio do Programa Bom Exemplo Floresce, desenvolvido exclusivamente para a realidade do setor alimentício.
“A ideia é alertar as empresas associadas na adequação à legislação para evitar multas e autuações”, destaca.
Atualmente, sete empresas associadas ao Sincabima – Sindicato das Indústrias de Cacau e Balas, Massas Alimentícias e Biscoitos, de Doces e Conservas Alimentícias do Paraná – aderiram ao projeto, são elas: Bala de Banana Antonina, La Violetera, Lowçucar, Sabor Alternativo, Carob House, Nutrimental, Roma Chocolates.
Destinação correta aos resíduos
A consultora técnica de Logística Reversa do Sincabima, Cris Baluta, acrescenta que a constituição do InPAR pretende estabelecer e implantar sistema de logística reversa, a fim de dar o correto encaminhamento aos produtos e embalagens pós-consumo, bem como desenvolver ações que diminuam a quantidade de resíduos gerados.
Instituída pela Lei 12.305/2010 e regulamentada pelo Decreto 7.404/2010, a regulamentação considera que os fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, consumidores e o poder público possuem responsabilidade compartilhada pelos resíduos resultantes do pós-consumo dos produtos.