O primeiro programa de inteligência artificial no serviço público do País, uma onda revolucionária na educação, um aplicativo para facilitar a contratação de autônomos e a carteira de motorista ao alcance de um clique no celular são parte da estratégia do governo de transformar o Paraná no Estado mais inovador do Brasil, com facilidade de acesso a serviços públicos e respostas mais rápidas para problemas antigos.

Eles se somam a iniciativas como contato via WhatsApp com a Controladoria-Geral do Estado, lançamentos da TV Paraná Turismo, do portal Viaje Paraná e do Parque Tecnológico de Maringá, licitações ao vivo e parceria para uso de blockchain. Além da reforma administrativa, redução de custos diários e projetos de lei que incentivam o uso de carros elétricos, a integridade na gestão pública, o fim das aposentadorias de ex-governadores e a criação de um Fundo Estadual do Trabalho.

Segundo o governador Carlos Massa Ratinho Junior, a diretriz de gestão para todas as secretarias, autarquias e empresas públicas é de construir soluções tecnológicas conjuntas para atender as principais demandas dos cidadãos, mas também de instigar o uso de tecnologia para dar agilidade ao serviço público. “Estamos pensando o Paraná da próxima década e queremos nos tornar o Estado mais inovador do Brasil, capaz de aliar produção acadêmica, uso de tecnologia de ponta na indústria e no campo e serviços públicos mais ágeis”, pontua.

O governador destaca que inovação é fazer mais com os recursos já disponíveis e parte de uma mudança de cultura na administração estadual. “Estamos provocando os servidores a se integrarem mais e melhor em diversas áreas para que o Paraná seja referência como estrutura pública no Brasil. Esse pacto envolve a atração de investimentos, fomento ao pleno emprego e desenvolvimento da nossa principal força-motriz, que é o agronegócio e a capacidade de produzir alimentos para o mundo”, completa.

O novo superintendente de Inovação do Governo do Paraná, Henrique Domakoski, comemora as iniciativas dos últimos seis meses e projeta novas conquistas, principalmente a partir do ThinkinG, fórum organizado pela Celepar que reuniu especialistas no assunto e servidores públicos em Foz do Iguaçu. Ele cuidará da integração desses ativos e também será o responsável por estabelecer novas pontes entre as diversas áreas do Estado e as diversas realidades, que diferem da capital para o interior.

“Existe um desejo muito claro do Paraná ser um Estado referência. Temos essas inovações no setor de serviços, mas tão importante quanto isso é a mudança de mentalidade, trazer boas práticas do setor privado para dentro do setor público. Só assim conseguiremos ter um Estado ágil e eficiente”, pontua.

Confira no link abaixo as iniciativas inovadoras do Estado
http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=102791&tit=Inovacoes-modernizam-prestacaode-servicos-do-Estado