Acaba de ser criado o Instituto Professor Assis Gonçalves de Direito Empresarial e Cooperativo. A entidade foi batizada com o nome de referência nacional em Direito Empresarial. Em seu depoimento no dia da inauguração, o professor disse que “receber homenagem à nossa pessoa é como levar uma surra”, relembrando Mário Quintana. “Ficamos sem condição de reagir”, completou. “Estou profundamente grato e emocionado com a presença do professor Erasmo Valladão”, disse. De acordo com o professor Assis, o instituto foi criado a partir da necessidade de explorar o novo. “A ideia é ‘mostrar a cara’ para discutir temas do Direito Comercial que estão no dia a dia, sem que haja uma legislação que nos indique o caminho. Queremos um ambiente onde se discuta a novidade, mas com base jurídica”.

Sócios fundadores

São sócios fundadores do Instituto: Alfredo de Assis Gonçalves Neto, Ana Paula Andrade Ramos Rodrigues, Carlos Eduardo Manfredini Hapner, Carlos Eduardo Cardoso Derenne, Carlos Joaquim de Oliveira Franco, Carol Fedalto, Dante Cracogna, Deolinda Aparício Meira, Edson Isfer, Eduardo Oliveira Agustinho, Emanuelle Urbano Maffioletti, Erasmo Valladão Novaes França, Flávio Augusto Dumont Prado, Giovani Ribeiro Rodrigues Alves, Gisele Bolonhez Kucek, Guilherme Broto Follador, Guilherme Kloss Neto, Guilherme Setoguti Julio Pereira, Gustavo Saad Diniz, Gustavo Teixeira Villatore, Henrique da Silveira Andreazza, Isabel Gemma Fajardo Garcia, Isabella Gonçalves Glublin, João Carlos de Almeida, Luis Felipe Spinelli, Luiz Daniel Haj Mussi, Marina Luiza Amari, Micheli Mayumi Iwasaki, Nelson Couto de Rezende Junior, Paulo Sérgio Nied, Raquel Cristina das Neves Gapski, Rodrigo Xavier Leonardo, Rosana Jardim Riella Pedrão, Sabrina Maria Fadel Becue, Sandro Mansur Gibran, Tarcísio Araújo Kroetz e Winicius Rubele Valenza.

Fotos: Divulgação

 

Protagonismo da mulher na advocacia

O protagonismo da mulher na advocacia foi tema de um debate realizado no Instituto dos Advogados do Paraná. O evento reuniu mulheres de destaque no Direito, que dividiram um pouco da sua trajetória profissional para inspirar os presentes, E foi conduzido pela diretora cultural do IAP, Melina Girarddi Fachin. O encontro contou com a participação da desembargadora Regina Helena de Oliveira Portes, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR); da advogada Rogéria Fagundes Dotti, ex-presidente do IAP no biênio 2010-2011; da advogada Marilena Indira Winter, vice-presidente da OAB Paraná; da procuradora Mônica Louise de Azevedo, do Ministério Público do Paraná; da advogada Sandra Lia Ledo Bazzo Barwinski, vice-presidente da Comissão de Estudos sobre Violência de Gênero da OAB Paraná; e da advogada Mariana Lopes da Silva Bonfim, presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB Paraná.

 

Representatividade

Durante o evento, o presidente do IAP, Tarcísio Araújo Kroetz, assinou um termo de cooperação com a FEMPAR, para promover o intercâmbio acadêmico e cultural nos temas sensíveis, relevantes e atuais da realidade, tais como a discussão e reflexão para a promoção da equidade de gênero nas instituições de Justiça.

Fotos: Bebel Ritzmann