Imtep prepara acreditação de ambulatórios

438
Referência em operação de ambulatórios corporativos, empresa cria programa de acreditação
“Aprimorar o que já é referência em qualidade”. É com esta mentalidade que o Imtep acaba de criar um programa interno de revisão e padronização dos processos de atendimento médico em todas as suas operações de ambulatórios.
“Nós já somos referência nacional na operação de ambulatórios corporativos e em programas de saúde do trabalhador. Temos a responsabilidade de levar aos nossos clientes o que há de mais moderno em processos e procedimentos, visando a aprimoração contínua dos nossos serviços”, explica do CEO do Imtep, Cezar Berger.
Para estar à frente desse projeto, o Imtep passou a contar com a expertise do especialista Paulo Zétola. O médico tem no currículo, entre outras experiências, a liderança de 18 anos do vitorioso projeto de saúde e segurança no trabalho da Renault do Brasil e a presidência da Associação Paranaense de Medicina do Trabalho, entre 2013 e 2016. Zétola também é o organizador do livro Tratado de Gestão de Saúde do Trabalhador.
“A proposta é melhorar a performance das equipes de saúde e padronizar os procedimentos com o que há de mais atual. Começamos a levar para dentro das empresas clientes protocolos sistematizados como o de Manchester, nos casos de ambulatórios de urgência e emergência. Também reforçamos os padrões das linhas de atendimentos com a implantação de novas ferramentas digitais”, explica algumas linhas de trabalho já em andamento.
O trabalho tem resultados imediatos.
Para o diretor operacional do Imtep, esse movimento vai de encontro às necessidades dos clientes. “Ao longo dos últimos anos, o mercado amadureceu e hoje pede que as operações sejam customizadas de acordo com as necessidades, mas com um padrão de excelência operacional. Além disso, consultivas, de maneira a levar as soluções mais adequadas para cada realidade”, comenta Rodrigo Malucelli.
Além da modernização dos processos de atendimento, Imtep também trabalha em outras frentes de aprimoramento dos serviços. Entre elas, estão a gestão da informação e a abordagem analítica de indicadores.