Idoso com coronavírus recebeu 30 pessoas depois de chegar da Itália

356

O homem de 61 anos, que foi infectado com o novo coronavírus e que se mantém em isolamento domiciliar, recebeu ao todo 30 familiares, em casa, desde que retornou da Itália.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta,  informou nesta manhã (26), que “todas essas pessoas da família já estão em observação. E também os passageiros do avião”.

“Contato próximo, no caso a esposa. Dormiu na mesma cama, conviveu no dia a dia. Aqueles que são chamados contatos temporários, aqueles que entraram e ficaram 30 minutos… Todos eles são contatados”, completou.

Mandetta também fez uma observação, para as pessoas que temem o contágio “o contato tem de ser mais íntimo para que haja a possibilidade, para que a transmissão seja mais efetiva. Não fiquemos imaginando que uma pessoa que teve contato com 50 ou 60 pessoas infecte todas elas”.