INVESTE TURISMO NO SUL
Rotas turísticas do Paraná, como as que incluem o Litoral, Cataratas do Iguaçu, Caminhos ao Lago de Itaipu e a do Pinhão, esta abrangendo Curitiba, Paranaguá, Morretes e Foz do Iguaçu, serão contempladas pelo programa Investe Turismo, desenvolvido em conjunto pelo Ministério do Turismo, Sebrae e Embratur e que vai se estender por 35 municípios da região Sul. A iniciativa pretende levar um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços voltados para 13 regiões turísticas dos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A meta é unir setor público e iniciativa privada para preparar e promover a competitividade de quatro rotas turísticas estratégicas em toda a macrorregião. As rotas turísticas estratégicas do Corredor do Iguaçu, com as cidades de Morretes, Paranaguá, Curitiba e Foz do Iguaçu, além Porto Alegre e Serra Gaúcha, Porto Alegre e Missões, bem como Serra-Mar Catarinense, serão beneficiados pelos investimentos, que somam R$ 200 milhões para todo o país. A ideia é que os projetos a serem implementados aumentem a qualidade da oferta turística na região Sul.

POTENCIAL DA REGIÃO
Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a intenção do programa é desenvolver as vocações do turismo nas rotas contempladas, fazendo da indústria de viagens um impulso econômico para toda a região: “A região Sul tem um grande potencial para ampliar o turismo religioso, por exemplo, com lugares pouco conhecidos, além de consolidar outros destinos estratégicos que abarcam diversos segmentos, como a rota da Uva e Vinho, as cidades históricas de descendência alemã e as belezas naturais típicas de climas frios, com serras e um dos um dos maiores cânions do Brasil. O diretor-presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, destaca que ativos como a produção vinícola e a gastronomia do sul “fazem da Região um importante produto para o turismo brasileiro. O Programa Investe Turismo apoiará o posicionamento de oferta deste mercado e o fortalecimento dos destinos que oferecem ao turista nacional e internacional experiências únicas”. Para a coordenadora estadual de Turismo do Sebrae/PR, Patrícia Albanez,“esses incentivos possibilitarão a melhoria da oferta de estrutura, de serviços e produtos. As regiões que receberão o investimento no Paraná são locais que terão um crescimento em seu potencial para atrair turistas do Brasil e do mundo”.

MABU FOZ NO FERIADO
O Mabu Thermas Grand Hotel, de Foz do Iguaçu, criou um pacote para o feriado de Corpus Chisti – de 20 a 22 de junho – com variada programação, que começa na quinta-feira com show de comédia stand up. A sexta-feira é dia de festa junina na Casa de Campo, com casamento caipira e quadrilha, seguida de happy hour com costelão e mode de viola. À noite, tem jantar italiano com música ao vivo; encerra com o It’s Show Time destinado a maiores de 16 anos. No sábado, duas atrações animam a noite: jantar temático, com pratos da culinária árabe, e dança do ventre; e Festa Country, com um touro mecânico. Os pacotes custam a partir de R$ 2.810 em 10 parcelas. Reservas; hoteismabu.com.br.

CAMBOA PARANAGUÁ
Para o feriado de Corpus Cristhi, o hotel Camboa Paranaguá lançou pacote promocional, de 20 a 23 de junho, que inclui diárias com café da manhã e jantar, cortesia para duas crianças de até 11 anos no quarto dos pais. O valor da diária dos apartamentos com vista para o jardim ou piscina é de R$ 295 (single), R$ 350 (duplo), R$ 480 (triplo) e adicional de R$ 110. Estão previstas atividades recreativas para adultos e crianças, com teatro de bonecos, festas das cores, guerra de água, ginástica maluca e muito mais diversão com a equipe de recreação Arteiros. O Camboa Pranaguá tem 132 apartamentos, todos equipados com ar condicionado split, televisão a cabo, telefone, internet wi-fi, cofre e secador de cabelo. E uma piscina de 500 mil litros de água com dois tobogãs, à noite iluminada com 72 pontos de LED de quatro cores de luzes.

BIOMETRIA FACIAL
A Gol Linhas Aéreas implantou, no aeroporto RIOGaleão, no Rio de Janeiro, o serviço de embarque por biometria facial no país, pioneiro no Brasil, projeto desenvolvido por especialistas do GOLLabs, laboratório de inovação da companhia. Com a medida, não será necessário ter em mãos o cartão de embarque em papel ou smartphone para acessar a aeronave. O passageiro precisará, apenas, posicionar-se em frente ao totem de reconhecimento facial, localizado ao lado do portão de embarque e, com uma foto, será feita a verificação de segurança com os dados da viagem e documentos do cliente, para ser liberada a entrada no avião. Para garantir o reconhecimento biométrico individual é necessário, antes da viagem, a realização de um cadastro prévio. A tecnologia utilizada é da FullFace Biometric Solutions, empresa especializada em identificação de pessoas com tecnologia de biometria. Por meio de um algoritmo próprio, a ferramenta garante precisão a partir de 1024 pontos da face, em menos de um segundo. Hoje esse mesmo processo já é realizado com o recurso de Selfie Check-in, disponibilizado com exclusividade pelo aplicativo da Gol. Por enquanto, o serviço será implementado como piloto no portão de número 34 do aeroporto RIOgaleão, e passará por uma fase de testes antes da expansão para outras bases da empresa.

RUMO A MARTE
A Nasa tem planos para lançar uma primeira missão tripulada ao planeta Marte em 2030. Entretanto, não é preciso esperar até lá, já que o Nasa Kennedy Space Center Visitor Complex dispõe aos turistas uma simulação de como é viver em uma base científica no planeta vermelho. São as atrações ATX Center e Mars Base 1: a primeira reproduz o treinamento de astronautas em cinco horas de duração, e é composta pelo lançamento de um foguete, sua acoplagem e seu pouso. Graças a uma tecnologia que imita microgravidade, os participantes podem até experimentar como é a sensação de caminhar no espaço. Já a segunda atividade, possibilita uma experiência de cinco a sete horas em uma missão para superar os obstáculos naturais da superfície marciana. Na aventura, diversão e aprendizado andam lado a lado! Trabalhando em equipe, os participantes poderão manusear plantas e vegetais em um Laboratório de Botânica profissional, administrar a Base de Operações, coletar dados científicos e programar um robô para limpar painéis solares. Para participar de ambas simulações é necessário possuir fluência em inglês para compreender as instruções dos orientadores, além de ter mais de 10 anos de idade.

ID