Fabrício de Castro (AE)

O Índice de Commodities do Banco Central (IC-Br) subiu 0,42% em dezembro, informou a instituição. O indicador passou de 192,92 pontos em novembro para 193,73 pontos no mês passado.
A alta na margem em dezembro foi resultado direto da alta de dois dos três segmentos que compõem o IC-Br: Agropecuária (+2,90%) e Metal (+2,86%). O segmento de Energia registrou retração de 7,72% no período.
Em Agropecuária estão incluídos itens como carne de boi, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café, arroz e carne de porco. Já o segmento de Metal reúne alumínio, minério de ferro, cobre, estanho, zinco, chumbo e níquel. Por sua vez, em Energia estão inclusos os preços de gás natural, carvão e petróleo.
Com o resultado de dezembro, no acumulado de 2018 o IC-Br exibiu elevação de 14,19%, com Agropecuária em alta de 16,43%, Metal com avanço de 7,23% e Energia com alta de 15,01%.