Ibovespa fecha acima de 119 mil pontos pela 1ª vez com desforra dos bancos

357

Ibovespa ganhou fôlego à tarde e fechou acima dos 119 mil pontos pela primeira vez nesta quinta-feira, embalado pela forte valorização das ações do setor financeiro, com Banco do Brasil à frente, avançando mais de 5%.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,96%, a 119.527,63 pontos, nova máxima de fechamento. O volume financeiro somou 25,3 bilhões de reais.

“Hoje é o dia da vingança dos bancos… Ficaram baratos em termos relativos e absolutos. Atraíram demanda. Bancos são cíclicos locais e acabaram ficando muito para trás e com técnico saudável”, afirmou no Twitter o estrategista Dan Kawa, sócio na Tag Investimentos.

O setor vem sendo pressionado por receios sobre mudanças regulatórias e aumento da competição. Mas nesta sessão foram à forra. Até a véspera, Itaú Unibanco, o maior banco privado do país, acumulava no ano queda de cerca de 9%, contra alta de mais de 2% do Ibovespa.