O câncer de mama é o tipo mais comum depois do de pele e é também o que causa mais mortes pela doença entre as mulheres no Brasil. Segundo o INCA, a estimativa é que em 2019, sejam 59.700 novos casos. Com ampla atuação na área da Oncologia, o Hospital São Vicente Curitiba promoverá diversas ações para marcar o Outubro Rosa.
No dia 10 de outubro, às 15h, será realizada no Centro de Eventos do Hospital a palestra “O Valor da Imagem e Seu Corpo, Seu Bem Maior!”, com Lúcia Almeida, especialista em Imagem Pessoal e Corporativa. O evento é gratuito e aberto à população.
E no final do mês, dia 31 de outubro, das 9h às 12h, haverá corte de cabelo gratuito para doação a pacientes oncológicos. Interessados devem se inscrever pelo link: https://www.eventbrite.com.br/e/doacao-de-cabelos-para-pacientes-oncologicos-tickets-72515972225. O comprimento mínimo do corte deve ser de 15 cm e é preciso que o cabelo esteja lavado. Caso o doador seja menor de idade, deve estar acompanhado pelo responsável.
Também no dia 31, às 15h30, será realizada a palestra “Nutrição e o Câncer de Mama”, com a oncologista clínica Dra. Raquel Cristina Dalagnol. Em seguida, às 16h, o tema será “Reposição Hormonal e Menopausa x Câncer de Mama”, com a Dra. Lysandra Ioshizumi. Todas as ações são gratuitas e abertas à população.
Prevenção e Diagnóstico – Apesar da alta incidência, a boa notícia é que, se diagnosticado e tratado precocemente, o câncer de mama tem um bom prognóstico. Segundo a oncologista clínica do Hospital São Vicente, Dra. Raquel Cristina Dalagnol, os sintomas incluem o surgimento de nódulos, alterações de coloração ou forma da pele, inversão do mamilo e dor.
“Porém, é importante ressaltar que a maioria deles são assintomáticos, sendo detectados através do exame de mamografia, que é de fundamental importância ao diagnóstico.” Segundo ela, muitos fatores podem aumentar o risco de desenvolver câncer de mama, porém, ainda não se sabe exatamente como alguns podem tornar as células malignas: “Entre eles, destacam-se a obesidade, o sedentarismo e o tabagismo. Identificando esses fatores de risco, que chamamos de modificáveis, podemos ajudar a prevenir o câncer de mama com a mudança dos hábitos.”

Vale lembrar que o Hospital São Vicente recebe permanentemente doações de lenços, turbantes, bonés e gorros tanto para mulheres como para homens em tratamento do câncer.