Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta terça-feira (22), no Palácio Iguaçu, investimentos de mais de R$ 36 milhões em infraestrutura escolar. Foram assinadas 64 ordens de serviço para o início imediato das obras em instituições de ensino de 50 municípios, com investimentos de R$ 8,5 milhões, além de 52 ordens de licitação para obras em colégios estaduais de 41 municípios que somam R$ 28,1 milhões – algumas prefeituras receberam mais de um protocolo.

O governador destacou que já foram entregues 207 obras em escolas neste ano, quase uma por dia, e que as 117 novas ordens complementam os recursos para 2019. “É um volume grande de investimento nas nossas escolas. Algumas obras estavam paradas por problemas e irregularidades. Estamos reorganizando essas demandas e levando para as escolas uma nova infraestrutura”, afirmou Ratinho Junior. “A ideia é modernizar as 2,1 mil unidades do Estado. Nossa programação financeira em cima dessa modernização é constante”.

O governador também destacou que deseja acabar com as escolas de madeira no Paraná, climatizar as salas de aula e introduzir, a partir do ano que vem, um programa de três refeições diárias nos colégios estaduais.

“Um ambiente físico saudável e mais novo gera mais segurança, melhora o dia a dia do professor e do aluno. Na medida do possível vamos modernizar todas aquelas escolas que pararam no tempo”, acrescentou Ratinho Junior. Ele também destacou que a Secretaria da Educação e do Esporte vai lançar um pacote de investimentos em parceria com as prefeituras para melhorar a educação municipal.

Segundo o presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), José Maria Ferreira, os R$ 36 milhões permitirão melhores condições de escolaridade aos alunos. “Nós só fazemos obras em colégios com titularidade. Alguns dos anúncios são de obras que estavam paradas, então tivemos que fazer todos os projetos hidráulicos, contra incêndios, até mesmo os registros primários”, explicou.