Na segunda-feira (11) representantes do fundo chinês de investimentos OneComprador estiveram na sede do Sistema Ocepar, em Curitiba, para conhecer o cooperativismo do Paraná e prospectar negócios com o setor. A visita foi intermediada pela deputada federal Aline Sleutjes (foto) , com o objetivo de buscar sinergias e possibilidades de parcerias em projetos voltados à área de infraestrutura, em especial nos setores de transporte e logística, saneamento e energias renováveis. O OneComprador tem cerca de US$ 1 bilhão em recursos para investir no Brasil. Participaram da reunião, o superintendente da Ocepar, Robson Mafioletti, o gerente técnico Flavio Turra, e o analista técnico Moisés Knaut Tokarski.

Segundo o analista Tokarski, os representantes do grupo afirmaram que a China, nos últimos cinco anos, investiu US$ 1,7 trilhão em sua infraestrutura de transporte e logística, US$ 400 bilhões no desenvolvimento de energias renováveis e US$ 100 bilhões em saneamento básico. “Desta forma, o país asiático dispõe de uma elevada capacidade de produção construtiva e tecnológica. Para evitar a ociosidade de parte desta estrutura, os chineses querem utilizá-la em projetos em outros países. Esse é o objetivo principal também do fundo OneComprador”, explicou

Pormade, no Paraná, opera por franquias

A Pormade Portas, uma das maiores fabricantes de portas do Brasil, com sede em União da Vitória, interior do Paraná, ampliou o seu leque de atuação comercial e começou a operar também por meio do sistema de franchising. O projeto teve início em 2015 e surgiu do desejo de Claudio Zini, diretor-presidente da empresa, de expandir as vendas do e-commerce e explorar outras modalidades para o negócio.

A rede já possui sete lojas franqueadas em funcionamento, localizadas em cidades estratégicas nos estados de Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Tocantins. “O franqueado é remunerado por demonstrar o produto, fechar a venda na plataforma e indicar o instalador, sendo também responsável pela qualidade da instalação”, reforça o executivo.

O portfólio de produtos da Pormade engloba kits prontos e avulsos de portas, rodapés, biombos, papéis de parede, fechaduras e outros acessórios. “Entre março e junho de 2019, o faturamento da rede com o escopo atual de lojas já ultrapassou os R$ 700 mil. “Projetamos alcançar 200 franquias em cinco anos e um faturamento de R$ 120 milhões”, prevê Beatriz Bollbuck, diretora financeira e de marketing da empresa.

Evento na Colômbia para fomentar negócios

O World Trade Center (WTC) Curitiba, em parceria com o WTC Pereira e a Câmara de Comércio de Pereira, na Colômbia, realizará o evento “Doing business with Colômbia” nesta quarta-feira (13). O evento é direcionado a empresas colombianas que buscam novas oportunidades de negócios e investimentos no Brasil, principalmente no Sul do país.

Cerca de 40 empresários colombianos participarão também de uma rodada de negócios entre empresas dos dois países sul-americanos. “O WTC Curitiba representará empresas do Sul do Brasil que estão em busca de novas oportunidades de negócios na América Latina”, afirma Josias Cordeiro da Silva, CEO e presidente regional do WTC em Curitiba, Joinville e Porto Alegre.

O evento precede a conferência latino-americana do WTC, que será realizada em Pereira nos dias 14 e 15 de novembro. O encontro regional reunirá os 56 escritórios do WTC na América Latina. Cordeiro é um dos palestrantes, e discursará sobre oportunidades de investimento e negócios no Brasil.

Sandoz do Brasil celebra 15 anos 

O complexo produtivo da Sandoz, divisão de genéricos e biossimilares do Grupo Novartis, em Cambé, interior do Paraná, completa quinze anos como referência global em qualidade e excelência em produção. Plataforma global da companhia, a unidade é a única fábrica de genéricos do Grupo Novartis na América do Sul, com 95% da produção destinada para o mercado nacional. Os 5% restantes são direcionados para países da América Latina e Europa.

À época da inauguração, foi um grande investimento industrial na microrregião de Londrina, no norte do Paraná. O desenho da planta e sua construção são diferenciais estratégicos: o posicionamento das etapas de processo foi cuidadosamente projetado para atender as exigências regulatórias de Boas Práticas de Fabricação da Anvisa.

Comerciantes de vinho esperam crescimento

Foto 5 – o vinho Felitche da MMV Importadora

Um decreto de 2013, que mudou o mercado de vinhos e causou sérias alterações na maneira como o vinho chega até o consumidor, não existe mais no Paraná desde o dia 01 de Novembro. O Governador Ratinho Junior retirou do regime de Substituição Tributária (ST) no Estado mais de 60 mil itens do setor de alimentos.

Dessa forma, não haverá mais antecipação de pagamento do imposto ICMS, o que deve levar a uma queda no preço final do produto aos consumidores e a um reaquecimento do setor como um todo.

“A instituição da substituição tributária fez os vinhos ficarem mais caros e impossibilitaram pequenos comerciantes de concorrer com grandes varejistas, como os supermercados. Muitas lojas fecharam e houve muito desemprego no Estado”, conta o Sommelier Jonas Martins, Gerente Comercial da MMV Importadora e especialista em vinhos há 12 anos. “Mantivemos o vinho Felitche como nosso carro chefe por possuir qualidade com um preço atrativo ao mercado. Também mudamos o rótulo para um visual mais alegre e cores mais vibrantes para atrair a atenção do cliente nas prateleiras dos estabelecimentos”, explica Jonas Martins.

Yoshii promove exposição

Em agosto, a construtora A.Yoshii lançou um projeto pioneiro juntamente com o Coletivo ÔDA: o Obra & Arte. Profissionais de design, arquitetura e artes de Curitiba e São Paulo realizaram oficinas com 12 colaboradores das obras da unidade de Curitiba da A.Yoshii para criação de materiais de mobiliário e decoração (como pendentes, luminárias, mesa de centro, poltrona), promovendo um novo significado ao que seria descartados das obras.

O resultado deste trabalho  será apresentado em exposição no showroom da A.Yoshii, no dia 19 de novembro, às 20h00.

CEO Fórum em Curitiba

Empresários e executivos de Curitiba e região terão a oportunidade de aumentar seus conhecimentos e trocar experiências sobre as mudanças que têm ocorrido no mercado empresarial. No dia 21 de novembro acontece o maior evento para executivos promovido pela Amcham Brasil – Curitiba, o CEO Fórum. O evento, que será realizado no Torres Eventos – unidade Jd. Botânico, a partir das 14h, terá como tema principal ‘‘Mudanças e adaptabilidade’’, com abordagens sobre o assunto em nível mundial, nacional, corporativo e pessoal. Para falar sobre o assunto, a Amcham receberá o, colunista de jornais como New York Times (EUA), El País (Espanha), Global Times (China) e Today’s Zaman (Turquia) e pesquisador, o alemão Oliver Stuenkel; da CEO da P&G, Juliana Azevedo, considerada uma das vinte mulheres mais poderosas do Brasil em 2019 segundo a revista Forbes; e do CEO da Box 1824 e o segundo mais jovem ganhador do Leão de Cannes, Rony Rodrigues. ‘‘Nesse evento, a Amcham quer focar nas estratégias que os empresários e CEOs podem colocar em prática para minimizar os efeitos das rápidas mudanças da tecnologia e do mundo, este que está cada vez mais volátil’’, disse o gerente regional da Amcham Curitiba, Gustavo Silvino.