A diretoria e os funcionários da Fomento Paraná comemoraram na sexta-feira, em uma café da manhã, os 20 anos da instituição, que teve o funcionamento autorizado pelo Banco Central do Brasil em 08 de novembro de 1999 como Agência de Fomento do Paraná. Na reunião, o diretor-presidente Heraldo Neves destacou a importância dos colaboradores desde o início das atividades para que a Fomento atingisse o patamar atual, com ativos que somam mais de R$ 2 bilhões e uma carteira de crédito com saldo em torno de R$ 1,2 bilhão.

Neves falou também sobre o bom momento vivido pela instituição, dos compromissos do Plano de Governo desta gestão, do Banco da Mulher Paranaense, do Banco do Agricultor, dos processos de automação, da inovação das plataformas de crédito, da oferta do Microcrédito Fácil e da Linha Fomento Fácil.

Ele traçou ainda um panorama sobre os acontecimentos recentes em âmbito nacional que podem afetar os rumos da empresa e do Sistema Nacional de Fomento, a partir das Propostas de Emenda Constitucional encaminhadas pelo Governo Federal para apreciação do Congresso Nacional. “Estamos atentos e criamos inclusive um grupo de trabalho para estudar as medidas propostas e as ações necessárias para atuar no que for preciso para defender os interesses e qualidades do sistema, para que este instrumento que é a Fomento Paraná possa prevalecer por muitos anos”, afirmou.