Flamengo absolvido no Tribunal de Justiça Desportiva do RJ

448

O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro absolveu o Flamengo em razão dos gritos homofóbicos entoados pelos torcedores flamenguistas durante o clássico com o Fluminense, pela semifinal da Taça Guanabara, no dia 12 de fevereiro. O clube foi apenas multado por infração em outro artigo do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

O Flamengo foi julgado (e absolvido) com base no artigo 243-G, que fala em praticar “ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência”. O clube corria risco de perder três pontos.

A punição de multa de R$ 50 mil foi por infração no artigo 191, que trata de “deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento, de regulamento, geral ou especial, de competição”.