O trabalho de vinte artesãs de seis municípios do Ceará participa do Dragão Fashion Brasil Festival, que termina neste sábado, em Fortaleza. O uso de fios é destaque nas peças, como a de joalheria feitas com fios de cobre descartados. O manuseio do produto faz parte do projeto de design Enel Upcycling, que ajuda diminuir o impacto ambiental desses resíduos. Fios de linha surgem nos bordados, crochês, bijuterias, encadernação e marcenaria.
As artesãs de Fortaleza, Caucaia, Itapipoca, Pacatuba, Aracati e Aquiraz atuam no projeto Enel Compartilha Empreendedorismo. Desde 2012, por meio de Leis de Incentivo, a Enel é uma das principais apoiadoras do DFB Festival, que acontece esse ano no Aterro da Praia de Iracema.
Responsável pela qualificação de inúmeros artesãos ao longo de seu tempo de existência, o programa abriu o caminho para a criação de pequenos negócios no ramo do artesanato e da agricultura familiar.
Além disso, o programa Ecoenel, que troca resíduos por descontos na conta de energia, realizará a compensação de CO2 no período do festival. Para garantir a limpeza da Praia de Iracema, os resíduos recicláveis produzidos nos quatro dias do evento serão recolhidos diariamente pelo Ecoenel. O bônus gerado por essa ação será repassado para a ong Edisca, em forma de desconto na fatura de energia.
Desde 2012, a Enel é uma das principais apoiadoras do DFB Festival, por meio de Leis de Incentivo.