Fundada há 35 anos, a Ferracini 24h vislumbra crescimento de 20% no mercado interno e externo no decorrer de 2019. Presente em mais de 40 países, a maioria na América do Sul e Europa, a empresa trabalha com o status de ser uma das primeiras a instaurar no Brasil o conceito de conforto nos anos 2000. A produção nas fábricas em Franca-SP, Machado e Ibiraci – MG e Amargosa – BA soma dois milhões de itens/ano.
“Para o futuro, nosso intuito é trazer ainda mais contemporaneidade para a marca. Sempre com um olhar 360°, pesquisando constantemente novas tecnologias e novidades da moda, design, lifestyle, cultura street e artes”, adianta Roberto Barbosa, diretor comercial da empresa, observando: “Estamos trabalhando no branding e em itens diferenciados, ao mesmo tempo em que aplicamos inovações nos calçados mais clássicos. A moda masculina proposta pela Ferracini 24h oferece experiências: de estilo, de comportamento ou das tecnologias aplicadas aos modelos”.
Várias tecnologias que amplificam o conforto para os pés, como a Fly, Dry, e a Float, juntam-se à preocupação em investir em seus produtos mais clássicos e no design: em 2018 lançou as linhas Rio e Impulse, e recentemente, os sneakers Game, calçados que já podiam ser encontrados no exterior, e a marca trouxe para o Brasil a um preço mais acessível.
“Além de identificar as demandas dos consumidores e atuar intensamente para satisfazê-las, a Ferracini 24h também vem criando novas necessidades no público, por meio de produtos cada vez mais inovadores”, explica Roberto Barbosa.
O aniversário de 35 anos é festejado também com o prêmio Top of Mind 2019/site El Hombre, de marca mais admirada pelos consumidores na categoria sapatos. É forte sua presença digital com suas redes sociais, com conteúdo relevante para o universo masculino.
No quesito sustentabilidade, a Ferracini 24h orgulha-se de suas embalagens Ecobox, 100% biodegradáveis, do Projeto Basquete, que promove a inclusão social para crianças de baixa renda, e da ação Convivendo com as Diferenças, que promove a integração socioeconômica dos colaboradores com necessidades especiais.

COMPARTILHAR
AnteriorColcci de primavera
PróximoFronteiras abertas