O Facebook anunciou nesta segunda-feira (4) uma nova logomarca com o intuito de distinguir o grupo econômico -dono das marcas Instagram, WhatsApp, Oculus e de outros produtos-, do aplicativo Facebook, que é a rede social e seu produto mais popular.
Até então, a companhia respondia pela mesma marca da rede social, criada há 15 anos por Mark Zuckerberg e que alcançou a marca de 2,3 bilhões de usuários.
Segundo o Facebook, a repaginação foi guiada por três princípios: clareza, empatia e criação de espaço.
A empresa redesenha a marca para comunicar sua estrutura proprietária. Faz isso à medida que atua em diferentes frentes na última década, como realidade virtual, comunicação instantânea e, mais recentemente, finanças, ao fundar um consórcio para a criação de uma criptomoeda.