O projeto social foi criado em 2007 pelos médicos alergistas Marcello Bossois e Patrícia Schlinkert  e já atendeu mais de 200 mil pessoas no estado do Rio de Janeiro e Paraná. A ação social ocorre todos os anos na capital paranaense e movimentou  cerca de 300 pessoas por dia no local.

O evento conta com uma equipe  que vai  oferecer diversos procedimentos de prevenção, combate e controle de todos os tipos de processos alérgicos e de doenças ligadas ao sistema imunológico.  Além de atendimento médico, orientação clínica e exame de espirometria (exame do pulmão, também conhecido como Prova de Função Pulmonar) e imunoterapia (vacinas contra alergias)  com valor de baixo custo.

De acordo com a responsável pelo projeto em Curitiba Solange Souza “A iniciativa é para conscientizar a população sobre os males causados pelas doenças alérgicas e poder prevenir e orientar as pessoas que existem tratamentos e controles de doenças como: renite, sinusite, bronquite, asma brônquica, dermatite tópica,  entre outras que diminuem a qualidade de vida das pessoas”, comenta.

O Projeto Brasil sem Alergia começa na próxima segunda feira (17) e vai até dia 21 de dezembro, das 8h30 às 18 horas. No sábado (22) das 8h30 até às 12h30.

Local: Avenida Marechal Floriano Peixoto, 5455.

 

COMPARTILHAR
AnteriorConsumo em alta
PróximoO poder dos bárbaros