Foto: Heitor Marcon/Divulgação UEM

A Secretaria de Estado da Administração e da Previdência, por meio da Escola de Gestão do Paraná, e a Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), ofertam 30 vagas para o Mestrado Profissional do Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Políticas Públicas.

Promovido pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), esta será a quinta turma do curso voltado a servidores públicos efetivos, com formação de nível superior em qualquer área do conhecimento.

De acordo com a professora Carla Almeida, coordenadora do curso, mestre em Ciências Políticas e doutora em Ciências Sociais, o mestrado tem duração de dois anos e o objetivo do curso é incentivar que os alunos participantes desenvolvam pesquisas em suas áreas de atuação que possam ser revertidas em ações que aprimorem o serviço público.

“Ao longo destes anos, já formamos cerca de 120 servidores. Neste período, o Mestrado Profissional foi amadurecendo e hoje conseguimos ter uma boa clareza para orientar os estudantes a fazerem diagnósticos seguidos de uma proposta de aplicabilidade”, explica a coordenadora.

No entanto, Carla ressalta que muito além do produto final, o Mestrado Profissional permite que os alunos participantes levem para seus ambientes de trabalho a expertise que obtiveram durante o programa, melhorando como um todo o ambiente onde estão inseridos.

As inscrições para o Mestrado vão de 29 de julho a 23 de agosto. Ao todo, são ofertadas quatro linhas de pesquisa: processos participativos em politicas públicas; políticas públicas e desenvolvimento; políticas de saúde e educação e justiça, segurança pública e cidadania.