Quando um advogado é acionado em uma empresa, geralmente é porque alguma ação jurídica já está em tramitação. Isso ocorre, pois na maioria dos casos, o advogado chega para resolver a complicação. Mas o que fazer para evitá-las?

 

De acordo com o advogado da Araúz Advogados Associados, Gabriel Placha, o segredo está no vínculo entre o advogado e o empresário. Segundo ele, deve-se ultrapassar o modelo de prestação de serviços, para uma relação de parceria. “Dessa forma, o advogado não se limita a resolver problemas, mas a auxiliar o empresário no cenário econômico e empresarial, atuando de forma preventiva”, afirma.

 

Segundo Placha, as vantagens dessa parceria são inúmeras. “O planejamento estratégico certamente é o que fará a empresa caminhar tranquila. O grande trunfo desta cooperação conjunta, então, é evitar demandas judiciais”, comenta.

 

Prevenção
Com o enorme número de leis e burocracia no País, uma empresa pode facilmente cometer alguns erros que, por falta de conhecimento, podendo gerar diversos prejuízos. Para o advogado, ter um advogado como parceiro da empresa oferece a instituição o resguardo de possíveis ações judiciais. “Deve-se realizar constantemente um check-list de ações preventivas. Dessa forma, o advogado irá colher dados, informações jurídicas, garantindo a segurança do negócio de seu cliente”, ressalta.