Em um ano, aeroporto de Pato Branco recebe mais de 16 mil passageiros

363

A ponte aérea entre Pato Branco e Curitiba e a inauguração do Aeroporto Municipal Juvenal Loureiro Cardoso completaram um ano no dia 10 de janeiro. Nesse período foram 16.161 passageiros e 126 voos entre o Sudoeste do Paraná e Curitiba.

O trecho é operado pela Azul Linhas Aéreas com aeronaves turboélices ATR-72, que têm capacidade para 70 passageiros. As médias de ocupação (embarque e desembarque) registradas pela administração municipal giraram em torno de 84%. Foram 8.181 embarques com destino à capital e 7.181 desembarques em Pato Branco.

Os voos iniciaram com frequência semanal e depois de agosto se tornaram diários. O número de passageiros aumentou de cerca de 250 por mês por trecho para mais de mil nos últimos cinco meses de 2019.

Segundo o governador Carlos Massa Ratinho Junior, os números mostram que a rota se consolidou no mapa da aviação comercial do Estado. “Ela permite maior integração entre um polo produtor como o Sudoeste e a capital. Os grandes países se desenvolveram com ferrovias, rodovias e voos regionais. O empresário muitas vezes quer investir no Interior, mas quer chegar rápido, com conexão célere. Não existe desenvolvimento econômico e atração de novos empregos sem aviação”, afirmou.

O Governo do Estado investiu R$ 3,18 milhões na pavimentação asfáltica, recapeamento e sinalização horizontal da pista de pouso, área de escape, pátio de manobras e pista de taxiamento. O Estado também ofereceu incentivos fiscais para a operação da companhia com a diminuição da alíquota do ICMS que incide sobre o querosene da aviação civil de 18% para 7%, como parte do programa Voe Paraná.

De acordo com o prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, o aeroporto e a implementação do trecho são provas da parceria bem-sucedida entre o município, o Governo do Estado e o setor empresarial. “A inauguração do aeroporto e dessa nova rota representam uma vitória para o Sudoeste. Era um sonho de toda a região e da comunidade pato-branquense. Os dados desse primeiro ano foram extraordinários, o que nos dá ânimo para uma nova etapa, que é a ampliação do aeroporto”, complementou.

REVITALIZAÇÃO – A revitalização do aeroporto de Pato Branco foi iniciada em 2017 e em setembro de 2018 o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) alterou a classificação do local de aeródromo para aeroporto, o que permitiu o início da operação dos voos regulares. A inauguração ocorreu no dia 10 de janeiro de 2019, com participação do governador Ratinho Junior.

Os recursos do Governo do Estado foram repassados pela Secretaria de Infraestrutura e Logística, por meio de convênio firmado com a prefeitura. Desde janeiro de 2017, o aeroporto recebeu mais de R$ 15 milhões em intervenções estruturais. Além do repasse do Estado, os investimentos foram fruto de parcerias do município com o Governo Federal e com a Associação Empresarial de Pato Branco (ACEPB).

MAIS OBRAS – Com o objetivo de aumentar a categoria do Aeroporto Municipal Juvenal Loureiro Cardoso, estão sendo planejadas novas obras. O projeto contempla um novo pátio de aeronave, pista de rolamento para ligação entre pista de pouso/decolagem e pátio de aeronaves, cercamento da área operacional, estacionamento, novo terminal de passageiros, áres de circulação e ampliação da largura da pista, de 30 para 45 metros. Essas obras permitirão pousos de aeronaves maiores.

NOVOS HORÁRIOS – A partir do dia 2 de fevereiro, os voos entre Pato Branco e Curitiba passarão a ser realizadas no período da manhã. As aeronaves sairão da capital às 8h35, com desembarques previstos para 9h55, e os trechos Sudoeste-Curitiba serão operados às 10h30, com previsão de chegada às 11h40. Atualmente as saídas de Curitiba acontecem às 13h30, e, de Pato Branco, às 15h10.

AEN-PR