Dólar abre acima de R$4,41 apesar de BC anunciar leilão em meio a temores sobre coronavírus

311

O dólar começou a primeira sessão da semana em alta contra o real, renovando máxima histórica acima de 4,41 reais, mesmo após o Banco Central anunciar dois leilões de swap tradicional extraordinários, em meio a temores dos investidores sobre o coronavírus depois que o Brasil registrou seu primeiro caso da doença.

O BC ofertará nesta sessão, entre 13h30 e 13h40, até 10 mil contratos de swap tradicional com vencimento em agosto, outubro e dezembro de 2020, conforme anunciado esta manhã, antes da abertura das negociações interbancárias.

A autarquia também ofertará na quinta-feira, entre 9h30 e 9h40, até 20 mil contratos de swap tradicional com vencimento em agosto, outubro e dezembro deste ano.

Às 13:09, o dólar avançava 0,41%, a 4,4112 reais na venda, enquanto o contrato mais líquido de dólar futuro subia 0,42%, a 4,410 reais.

Na máxima do dia, o dólar interbancário tocou 4,4133 reais, nova máxima recorde intradiária.

Na última sessão, na sexta-feira antes do Carnaval, o dólar interbancário teve variação positiva de 0,04%, a 4,3932 reais na venda, mas chegou a bater a máxima recorde de 4,4073 reais na máxima do pregão.

Fonte: Reuters