Diretor-geral da OMS diz que casos de coronavírus na Europa podem se transformar em um “grande desastre”

426

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, a OMS, alertou que os recentes casos de coronavírus registrados na Europa podem se transformar em um “grande desastre”.

Na segunda-feira, o diretor-geral disse, em uma entrevista à imprensa dada em Genebra, que, no geral, os padrões não sofreram alterações. Ele disse que 99% dos casos reportados têm ocorrido na China.

Acrescentou que, nestes últimos dias, houve casos de transmissão entre seres humanos sem histórico de viagem à China. Alguns deles foram reportados na França e no Reino Unido. O diretor-geral acrescentou que “a detecção deste pequeno número de casos pode ser uma faísca que causará um grande incêndio”.

Ele declarou que a OMS vai continuar trabalhando com todos os países de forma a evitar e detectar novos casos de coronavírus.

Na segunda-feira, parte de uma equipe de especialistas internacionais chegou à China para investigar a epidemia de coronavírus. O time é liderado pela OMS e começará sua investigação o mais rápido possível.