O número de imóveis residenciais ofertados em junho diminuiu em Curitiba, apresentando queda de 1,7% na oferta de junho na comparação com o mês de maio e queda de 25,1% no último ano. Na comparação dos trimestres queda de 23,8% na comparação com 2018 e de 37,3% com 2017.
Os dados são da pesquisa do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar), do Secovi-PR. Segundo o vice-presidente de Locação, Leonardo Baggio, outro dado expressivo do levantamento é o índice de Locação sobre Oferta (LSO), que no mês de junho foi de 19,6%, registrando um aumento de 3pps (pontos percentuais) em relação ao mês anterior e aumento de 6,3pps com relação a junho de 2018. Além disso, o trimestre de 2019 teve aumento de 5pps comparado com o mesmo período de 2018 e de 7,2pps com 2017.
No caso dos imóveis comerciais para locação, o LSO foi de 6%, demonstrando aumento de 1,2pp em relação a maio e de 0,9pp com junho do ano passado. O trimestre de 2019 comparado com o de 2018 apresentou aumento de 0,3pps e na comparação com 2017 teve aumento de 1,1pps.
Estimativa de negociação
A estimativa de negociação nos residenciais em junho apresentou aumento de 15,8% com relação ao mês anterior e de 10,6% com relação a junho de 2018. No trimestre, aumento de 5,2% na média desse ano na comparação com 2018 e aumento de 3,4% comparado com o mesmo período de 2017.