Ao festejar 20 anos, o Dragão Fashion Brasil Festival mostrou vitalidade não só nas coleções de 36 criadores, como pela exuberante estrutura montada no Aterro da Praia de Iracema: 27 mil metros quadrados de tendas, palcos, passarelas, feiras de artesanato e de gastronomia. O evento, orçado em 3,5 milhões de reais, teve apoio fundamental da prefeitura de Fortaleza e governo do Ceará. É um dos raros, se não for o único, evento de moda com apoio oficial no Brasil.

Por movimentar a economia alternativa e aliar moda com shows, atraindo milhares de pessoas durante quatro dias, de 15 a 18, Cláudio Silveira, idealizador e diretor do DFB, revela: “Meus apoiadores não só garantem que essa estrutura será montada novamente em 2020, como alertam que será maior”.

As duas salas, com mil lugares cada, ficaram lotadas em todos os desfiles. E a feira de economia alternativa recebeu expositores não só do Ceará, como de outros Estados.