Depois do vendaval

449

 

O PT nativo inicia movimento para se reinventar. Só não consegue apagar os resultados desastrosos para a vida dos brasileiros deixados pelos governos de Lula e Dilma. Mas começam a surgir sinais de recuperação. A inflação recua, contida pela pior recessão em décadas. Um desastre nos últimos meses com 12,1 milhões de pessoas na rua, em busca de trabalho. Com o desemprego elevado, centenas de milhares de famílias sobrevivem com dificuldade, mas há um começo de alívio. A alta de preços ficou em 0,30% em dezembro e em 6,29% no ano, abaixo do limite de tolerância (6,5%). Ainda é considerável, mas parece afinal controlada e no rumo da meta oficial de 4,5%. Com persistência, talvez se possa chegar lá em 2017.

O percurso até aqui foi penoso e longo. Em 2015, enquanto a economia encolheu 3,8%, alimentação, moradia, transporte, educação e outros itens essenciais ficaram 10,67% mais caros, segundo a mais importante medida oficial de inflação, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A combinação de preços em disparada com atividade em queda livre é espetáculo raro, só visível em condições de enorme desajuste, causado por um acúmulo anormal de erros de política econômica.

PT de novo?

Se a vida do casal petista Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo não está nada fácil com a Lava Jato e a justiça federal nos calcanhares, no plano estadual o cenário também não é nada bom. Militantes de correntes internas e filiados independentes do PT lançam o movimento ‘PT. Novo de novo’ para construção de “chapa mudancista e de resgate programático para os diretórios municipal e estadual do partido”, segundo as palavras da convocatória.

Mercosul revitalizado

Brasil e Argentina veem na visita de Mauricio Macri a Temer a oportunidade de revitalizar o Mercosul. “Depois de 20 anos, relançaremos o bloco”, disse o presidente argentino em telefonema ao brasileiro.

R$ 15 bilhões na Saúde

O Paraná fechou o ano de 2016 com um novo recorde de recursos destinados à saúde. Ao todo, foram R$ 4,6 bilhões investimentos no setor – deste montante, R$ 3,3 bilhões do tesouro estadual, o que significa 12,02% do orçamento do Estado. Em seis anos do governo Beto Richa (2011 a 2016), o Estado já aplicou R$ 15 bilhões em ações e serviços de saúde.

Jovair em Curitiba

A caravana de Jovair Arantes passou ontem por Curitiba e foi recebido por Beto Richa.

Só em fevereiro

Presidente do Supremo Tribunal Federal, a ministra Cármen Lúcia marcou para o dia 1º de fevereiro a votação sobre redução de jornada de trabalho e de salário de servidores dos estados

Efeitos perversos

Por conta da crise e das dívidas herdadas, os novos prefeitos estão precisando ajustar as contas e, entre as medidas, alguns eventos estão sendo revistos. Em Curitiba, a Oficina de Música teve a data transferida de janeiro deste ano para o segundo semestre e agora é a vez do Carnaval passar por mudanças a fim de que seja realizado. Em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, a prefeita reeleita Beti Pavin anunciou o cancelamento da 54ª edição da Festa da Uva, um dos eventos mais tradicionais da região, em 2017.

Temer descarta

A criação de um Ministério da Segurança, como sugerido a Michel Temer pela bancada da bala, está fora do horizonte do governo por três motivos principais. Na reunião com os deputados, apesar de ter deixado as “portas abertas”, o presidente avisou que a pasta da Justiça tem intensificado sua atuação na área e que o fortalecimento das ações passa pelo Plano Nacional de Segurança. Como pano de fundo, avalia que, em período de ajuste, um novo ministério não seria bem recebido.

Tempos bicudos

O Brasil encerrou 2016 com 58,3 milhões de pessoas com nome sujo, embora a inadimplência tenha desacelerado no ano passado, segundo levantamento do birô de crédito SPC Brasil e da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) divulgado nesta terça-feira (10). O dado significa que um em cada três consumidores brasileiros terminou o ano inscrito no cadastro de negativados, aumento de 700 mil casos, mas desaceleração em relação a 2015, quando a alta foi de 2,5 milhões de pessoas com nome sujo.

PF pede prazo

A Polícia Federal pediu mais tempo para realizar o trabalho de investigação no inquérito que investiga os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff por obstrução de justiça. Os dois são suspeitos de terem tentado atrapalhar as apurações da Operação Lava-Jato. Não há decisão ainda sobre o pedido de prorrogação.

Exigência

Como está sendo bastante assediado, o PT começa a fazer algumas exigências para apoiar algum candidato a presidência da Câmara. O partido quer ficar com o controle da primeira-secretaria da Casa. A primeira-secretaria é quem cuida do Orçamento da Câmara, da nomeação dos servidores comissionados, da posse de diretores, etc. O orçamento da Câmara é de R$ 5,2 bilhões.

Abaixo

A inflação de 2016 foi divulgada oficialmente e ficou em 6,29%. Sua queda foi considerada de suprema importância diante do índice de 2015, que foi de 10,67%. Além disso, ficou um pouco abaixo do que previa o Banco Central, 6,5%. A meta do Governo é que em 2017 fique por volta de 4,5%. Ponto para Michel Temer que fez o que pode para diminuir a inflação, preocupação que nem passava pelos pensamentos de sua antecessora Dilma Rousseff.

Doação

A deputada Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) recebeu uma doação de R$ 1,4 milhão em sua campanha a prefeitura de Manaus em 2012. Estas doações vieram de um grupo de 12 empresas que prestam serviços para as Penitenciarias do Amazonas.  Uma delas, por exemplo, a Serviarm, presta serviço de vigilância privada para entidades federais e sozinha, doou cerca de R$ 360 mil à Vanessa. Segundo a deputada todas as doações foram aprovadas pela Justiça Eleitoral.

Lançamento

No lançamento das campanhas para a presidência da Câmara os candidatos fazem o que podem para garantir votos. Rogério Rosso (PSD-DF), na internet, apelou para uma camisa da Chapecoense. Jovair Arantes (PTB-GO) deu maior espaço para o líder do PT na Câmara.

Garantindo votos

Paulinho da Força, presidente do Solidariedade que apoia a candidatura de Jovair Arantes (PTB-GO) a presidência da Câmara, disse que para garantir a maior quantidade de votos tem que se fazer tudo o que puder, até mesmo se aliar a inimigos. “Estamos numa situação de tanta necessidade que estamos aplaudindo o PT”.

Apelando

O grupo que é contra a candidatura e reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na Câmara já começou a apelar, vendo que seu nome começa a ganhar mais força. Um dos deputados chegou a espalhar para um grupo de colegas que Maia foi citado na operação Lava Jato. “Vamos trazer o problema para a Casa de novo? Ninguém quer isso”.

Pessoal

O vice-presidente da UGT – União Geral dos Trabalhadores, Enilson Simões enviou ao presidente Michel Temer um telegrama pedindo para que ele não esqueça dos desempregados: “Não vacile. Não ouça sindicalistas reacionários. Atente para os milhões de desempregados”.  Alguns sindicalistas ficaram uma fera com a atitude de Simões. Mas ele tentou acalmar os ânimos e foi logo avisando que o telegrama era de caráter pessoal e que não tinha nada a ver com a UGT. Mesmo assim alguns sindicalistas chamaram o vice-presidente para uma conversa em particular.

No carnaval

No carnaval de Olinda (PE) tradicionais bonecos gigantes fazem a alegria dos foliões e este ano, o presidente Michel Temer está sendo confeccionado. Os organizadores da folia já alertaram aos donos do gigante que o mesmo pode ser hostilizado, assim como aconteceu o ano passado com o de Dilma Rousseff. A segurança foi reforçada, mas os produtores já avisaram que irão recolher o boneco caso alguma confusão seja formada.

De carona

O presidente do TSE – Tribunal Superior Eleitoral – Gilmar Mendes, pegou carona no avião do presidente Michel Temer para Portugal. Mendes que estava de férias por lá, mas teve que voltar para resolver um problema pessoal, iria retomar o descanso ainda está semana. Ao mesmo tempo, Temer foi a Portugal participar do funeral do ex-presidente português Mário Gomes, então convidou Mendes para aproveitar a carona no avião presidencial que aceitou prontamente. O presidente do TSE garantiu que conversou com Temer muitos assuntos, mas não tocou na cassação da Chapa Dilma-Temer durante a viagem. “não é preciso viajar para combinar coisas espúrias”.

Na foto

O presidente Michel Temer foi a Lisboa para o enterro do ex-presidente português Mário Soares. Por lá encontrou o ex-deputado José Lourenço. No bate-papo, Lourenço mostrou uma verdadeira relíquia. Uma foto dele juntamente com Temer e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso nos anos 90.

Já foi presidente

Engana-se quem pensa que Michel Temer nunca tenha sentado na cadeira de presidente, antes de assumir interinamente no ano passado. Ele foi presidente da Câmara na gestão Fernando Henrique Cardoso e ocupou a cadeira, algumas vezes, quando FHC ou seu vice, Marco Maciel, estavam em compromissos fora do país. Este foi um dos assuntos relembrados com o ex-deputado José Lourenço que encontrou em Portugal.

Bem vista

A ida do presidente Michel Temer ao funeral do ex-presidente português, Mário Soares, foi muito bem vista por brasileiros e portugueses. No ano passado quando Marcelo Rebelo de Sousa assumiu a presidência de Portugal, a então presidente Dilma Rousseff, não compareceu a posse e nem sequer deu um telefonema para cumprimentá-lo. FHC que estava por lá, acabou indo representar o Brasil. A atitude de Temer restabelece as relações bilaterais.

Impacientes

Alguns filiados ao PT estão impacientes com a demora da sigla para oficializar Lula como pré-candidato. Eles querem que o nome do ex-presidente comece a circular e ganhar força ainda este ano, aumentando assim suas chances de vitória. Para os mais impacientes, este assunto seria tratado na próxima reunião do Diretório Nacional mas, infelizmente, sem a candidatura isso não será possível. Outra parte do partido ainda espera o andar da carruagem nas investigações da operação Lava Jato para decidirem se apoiam ou não a candidatura de Lula.

Outro nome

Em fevereiro, também acontecerá uma eleição para escolher o novo presidente do Senado, porém pouco se fala sobre o assunto porque, até agora, somente Eunício Oliveira (PMDB-CE) se candidatou ao cargo. Eunício, por assim dizer, é o candidato de Renan Calheiros. Muitos que não querem que ele seja presidente começam a correr atrás de outras sugestões. O mais cotado é de Simone Tebet, (PMDB-MS). Ela ganhou destaque no impeachment de Dilma e agora os senadores querem fortalecer seu nome para elegê-la presidente da Casa.

Comitiva

Na próxima segunda-feira, dia 16, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, receberá no Palácio dos Bandeirantes o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Só que Maia não virá sozinho. Junto com ele, cerca de 10 deputados. Tudo para disfarçar o pedido de ajuda para sua candidatura a reeleição da Casa. Para alguns Alckmin confessa simpatia por Maia e acredita que ele possa ganhar.

Criando um teto

O novo ministro da Cultura, Roberto Freire (PPS-SP), disse que irá fazer mudanças na Lei Rouanet. Freire acredita que a ideia é ajudar quem realmente precisa. “A lei de incentivo não pode ser um seguro para quem já tem lucro certo”. Ele afirma que ainda existe uma distorção e que tem projetos que são apresentados com preços excessivos. “O teto para captação será a principal medida. A ideia é fixar valores máximos para incentivo a projetos de acordo com a área de atividade. Passará a ter um teto para espetáculos, por exemplo”.

Caça às bruxas

Parece que depois do vazamento das senhas do Planalto pelo site Portal Brasil, o governo começa a perceber que supostamente, está sendo sabotado.  Políticos aliados ao Governo vivem alertando sobre o excesso de petistas que ainda permanecem em cargos de confiança nos órgãos federais. E a ordem de evitar ao máximo atritos com o PT foi retirada. Que comece a caça às bruxas.

Preparando

Mal acabou de deixar a prefeitura do Rio, Eduardo Paes, já começa a se preparar para concorrer ao governo do Estado. Ele que está de férias nos Estados Unidos, pretende assim que voltar já começar sua campanha. Antes de embarcar, Paes pediu para o presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani (PMDB), agendar reuniões com vários prefeitos do interior do Estado. Paes deve voltar no início de fevereiro.

Mudando de nome

Um dos sites mais antigos e conhecidos da internet, o Yahoo!, deverá em breve mudar de nome caso a venda de grande parte do grupo se concretizar. O negócio pode ser fechado em torno de US$ 4,8 bilhões e a compradora interessada é a Verizon Communications. Se a venda for de fato efetuada, o site mudará de nome para Ataba. O nome é estranho, mas se trata de um jogo de palavras com o maior ativo que restará à empresa. O serviço de e-mail e de busca continuará com o mesmo nome pois uma mudança drástica desvalorizaria a marca.

Frases

“Se fosse para combinar uma coisa espúria, obviamente, poderia fazer isso em qualquer lugar. Não precisaria ir a Portugal. ”

Gilmar Mendes, presidente do TSE, falando que não tocou no assunto da cassação da chapa Dilma-Temer durante viagem a Portugal.

“A corrupção é o maior problema do sistema penitenciário. “

Alexandre de Moraes, ministro da Justiça.