De acordo com análise feita pelo Sebrae a partir de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, a geração de empregos com carteira assinada em junho veio dos pequenos negócios, pela quinta vez seguida neste ano. A informação é essencial para mostrar à sociedade e aos governantes a importância das empresas de menor porte para o desenvolvimento econômico. O setor empresarial precisa ter mais condições de se desenvolver, principalmente as pequenas e médias empresas.

Em junho foram criados 52,7 mil postos de trabalho no segmento dos pequenos negócios. O número de empregos criados pelas micro e pequenas empresas em junho registrou o melhor resultado para o mês nos últimos cinco anos. Certamente é uma parte da economia que merece mais atenção e cuidado. Afinal de contas, quando um país tem empresas fortes, bem administradas, com visão empreendedora, certamente o seu crescimento ocorrerá de maneira mais sólida e rápida.