Deltan Dallagnol: casa nova

O procurador Deltan Dallagnol, dos mais loquazes e midiáticos membros da Lava Jato em Curitiba, tem bom salário no MPF.

E fatura muito mais, certamente, com conferências e palestras que dirige em todo o país. É solicitadíssimo.

Dizem que ele só fala “pro-bono” quando convidado por igrejas evangélicas. Ele é ativo membro da Igreja Batista do Bacacheri.

Muito exposto na mídia, e dentro do “espírito bolsonarista” de renovação, Deltan não é unanimidade na direita. Alguns do próprio entorno em que ele circula em Curitiba, MPF e PF, chegam a classificá-lo de “ótimo show man”. Maldade, é claro.

O que pode denotar mágoas ou invidia.

BOM GOSTO

Fato é que o procurador é homem também de bom gosto: comprou e está morando com a família num milionário apartamento que, se não fosse a crise, valeira pelo menos R$ 3 milhões ou mais.

Um por andar, vista maravilhosa, 4 vagas de garagem, piscina no condomínio e toda segurança, são características do apartamento.

Deve ter pago R$ 2,5 milhões pelo confortável flat, localizado no Cabral, numa das esquinas da Rua Manuel Eufrásio, com mais ou menos 700 metros quadrados de área (incluindo área útil).

Indagados sobre o novo proprietário porteiros negaram-se a dar informações sobre o procurador. Ordens são ordens, pois.


Evaristo teria tudo para ser ministro

A futura ministra Teresa Cristina e Evaristo Eduardo de Miranda

Um dos técnicos de maior acústica junto à equipe de transição de Jair Bolsonaro, o doutor em Ecologia e diretor da Embrapa Evaristo Eduardo de Miranda vem repetindo, como que em mantra: motivos pessoais o impedem de aceitar ser ministro do Meio Ambiente.

Mas teria tudo para ocupar a posição, especialmente a acolhida de suas teses sobre compatibilidade de agronegócio e sustentabilidade ambiental.

FUTURA MINISTRA

A futura ministra, Teresa Cristina, é a maior defensora do nome de Evaristo. Assim como Bolsonaro nunca escondeu estar Evaristo na sua primeira linha de admirações.

LIDERANÇA

Evaristo é diretor do Instituto Ciência e Fé “Fideles et Constans”, de Curitiba.

Quem quiser, consulte a vasta bibliografia produzida por Evaristo.

O técnico envolve-se em constante atendimento a familiar que acentuada fragilidade de saúde. Esse pode ser o motivo o que o leva a recusar o Ministério.


Atilano continua na Inepar, depois do saneamento

Atilano de Oms Sobrinho: continua no dia a dia da empresa

Depois de entrar em recuperação judicial, vitimada que foi a partir de 2014 por crises econômicas e mal ordenadas decisões estratégicas, a Inepar, com sede em Araraquara, está recuperada. Da dívida inicial de R$ 4 bi, negocia hoje restos a pagar de R$ 1 bilhão.

A recuperação da outrora empresa paranaense foi resultado da administração da Starboard, sócia da Inepar, sob o comando de Warley Pimentel.

A Inepar, uma das empresas brasileiras mais importantes no começo dos anos 1990, foi comandada até sofrer intervenção pelo curitibano Atilano de Oms Sobrinho. Ele continua na organização. Mas com participação reduzida no negócio.

A Inepar teve múltipla presença na economia brasileira: desde autódromo (que mantém) em Pinhais, a estaleiro, telefonia, construção civil, equipamentos para usinas hidrelétricas., etc.

Dia 15 de dezembro, Pimentel deixará a direção da Inepar.

O grupo já procura um novo CEO.


Ministra da mulher e de direitos humanos

Pastora Damares Alves, convidada por Bolsonaro

A pastora evangélica Damares Alves, assessora parlamentar de Magno Malta (PR-ES), foi convidada por Bolsonaro para ocupar o posto de ministra de Direitos Humanos e Mulheres. Ela é antagonista do movimento LGBT e luta contra a legalização do aborto, entre outras causas conservadoras.

(O Globo)

 

 

 


Engenharia de software, área com emprego garantido

Professor Clémerson Clève: curso afinado com os tempos novos

Clemerson Clève, fundador e presidente do Centro Universitário UniBrasil, é mesmo educador ligado às realidades do país. Agora, por exemplo, a instituição que ele dirige está lançando o Curso de Engenharia de Software, para 2019, área com alta demanda no sofisticado mercado de trabalho.

35 VAGAS NO NOTURNO

Ao todo, 35 vagas serão ofertadas no período noturno onde o acadêmico irá desenvolver, em mais de 50% do tempo, diversas plataformas de Software Mobile, Desktop, Internet das Coisas (IoT) e WEB. Questões da atualidade como Big Data, Data Science e Visão Computacional, também serão trabalhadas, aliando sempre a teoria da prática.

ALTA DEMANDA

“O curso formará profissionais com competências e habilidades para atuar em diversos segmentos do mercado, pronto para o desenvolvimento em todos os tipos de aplicações”, disse o coordenador do curso, professor Martin Morães, destacando ainda que o engenheiro de software é um dos profissionais mais requisitados pelo mercado de trabalho.

OPÇÕES DE CRÉDITOS

A UniBrasil oferece quatro opções de créditos educativos para conclusão dos estudos. Uma, o Estude, programa direto com o UniBrasil, que parcela até 50% da mensalidade sem incidência de juros. E também os programas de financiamento Pravaler, Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Universidade Para Todos (ProUni).


Profissionais de prevenção à lavagem de dinheiro

Existe uma instituição em São Paulo que reúne profissionais atuantes na prevenção e lavagem de dinheiro e ao financiamento ao terrorismo.

Trata-se do Instituto IPLD, com sede na Capital paulista, que no próximo dia 6 estará elegendo sua nova diretoria.

Observadores da área acreditam que as finalidades do instituto – especialmente com respeito à lavagem – deverão ser fortemente demandas com o novo governo, a partir de 2019.

As mesmas fontes garantem que dois curitibanos – um policial, outro especialista em gestão financeira – estarão entre os inscritos no pleito. Mantêm, no entanto, os nomes em sigilo.


Concorrência internacional para remédios

Cida Borghetti: governo curto, mas previdente

Muitos bons exemplos de eficiência administrativa serão deixados pelo curto governo de Cida Borghetti. Um deles, o do lançamento de edital, no dia 30, sexta, de concorrência internacional no valor de R$ 1.182.000,00 visando aquisição de remédios para atender decisões judiciais.

A abertura dos envelopes será dia 21 de janeiro de 2019.

A medida evitará que se repita o que ocorreu no final do governo Richa, que entregou a chamada Farmácia Judicial praticamente a zero de estoque de medicações. Com isso, muitos doentes, carentes de certas medicações fornecidas pelo SUS, passaram a correr perigo de morte.


Administração hospitalar fica como está

Kleber de Melo Morais

O presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, Kleber de Melo Morais, disse na solenidade de inauguração do Centro Administrativo do HC da UFPR que recebeu fortes indicações de fontes do novo Governo, que o presidente eleito não mexerá na estatal que administra os hospitais universitários.

 

 

 

 


Procuradoria quer cassar mandato de Francischini

Procuradora eleitoral Eloisa Helena Machado

A Procuradoria Regional Eleitoral apresentou nesta quinta-feira (29) Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) pedindo que a cassação do mandato do deputado estadual eleito Fernando Francischini (PSL), a cassação de seu diploma e inelegibilidade por oito anos.

ILEGALIDADES

A ação decorre de supostas ilegalidades cometidas pelo parlamentar ao fazer uso de redes sociais no próprio dia da eleição (7 de outubro) para difundir notícias falsas sobre pretensos casos de fraude nas urnas eletrônicas destinada a causar prejuízos eleitorais para o candidato de seu partido à Presidência, Jair Bolsonaro.

GRAVES ACUSAÇÕES

A petição foi proposta pela Procuradora Regional Eleitoral Eloisa Helena Machado, tendo como base principal uma transmissão ao vivo feita por Francischini através de sua página pessoal no Facebook e ainda reproduzido na mesma página. Nela, o parlamentar faz graves acusações à Justiça Eleitoral e induz seus seguidores a acreditarem que urnas eletrônicas que apresentaram defeitos tinham sido, na verdade, apreendidas pela Polícia Federal em razão de adulterações fraudulentas.

(do blog Contraponto)


Francisco recebe versão brasileira de livro

Papa Francisco recebe a versão brasileira do seu livro Dom Mauro Morelli, bispo emérito e fundador da Diocese de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, esteve no dia 14 de novembro com o Papa Francisco, na Praça São Pedro, Cidade do Vaticano na audiência pública que reuniu 15 bispos de diversos países como Japão, Índia, Venezuela e Itália.

DOM MAURO MORELLI

Após a catequese e saudações, oração e bênção, cada bispo cumprimentou e pôde conversar com o Papa. Durante este encontro com o Pontífice, Dom Mauro Morelli entregou em mãos a versão brasileira do livro de autoria de Sua Santidade, Sabedoria das Idades (Sharing the Wisdom of Time), na qual Dom Mauro fez o prefácio. Abaixo estão outras fotos e imagens do encontro que o bispo emérito teve com Papa Francisco.

SABEDORIA DAS IDADES

Publicado por Edições Loyola, em parceria com a Loyola Press, Sabedoria das Idades divide os relatos em cinco temas: trabalho, luta, amor, morte e esperança. O próprio Papa Francisco participa da obra como um companheiro idoso, com lembranças de seus áureos tempos, relacionamentos com seus avós, mensagens de fé, experiência e paz. Presentes no início de cada capítulo, essas histórias de sua vida são esclarecedoras quanto à sabedoria que adquiriu em cada um desses cinco temas do livro.


Salvador em panorama do turismo

A edição de novembro da revista Panorama do Turismo. Desenvolvida dentro de parceria editorial com o Grupo BRT, dessa vez a revista abre espaços para promover os atrativos turísticos de Salvador, a múltipla capital da Bahia.

Julio César Rodrigues: editor

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Conservadores têm inscrição para a cúpula de Foz

Por Julianne Salvino, jornalista

Fernando Francischini, Eduardo Bolsonaro, Olavo Carvalho.

A Cúpula Conservadora das Américas está reconfirmando as inscrições. O evento ocorreria em Julho e teve de ser adiado. Segundo os organizadores já são 1.100 pessoas que reconfirmaram a participação, na data anterior o evento já tinha suas vagas completamente preenchidas, porém novas inscrições estão sendo aceitas.

A Cúpula reunirá autoridades brasileiras e representantes de diversos países dentre eles: Venezuela, Colômbia, Chile, Paraguai, Brasil, Uruguai e EUA.

JÁ CONFIRMARAM

Dentre os confirmados estão:

Eduardo Bolsonaro, Luiz Philippe de Orleans e Bragança, Olavo de Carvalho (vídeo conferência), Fernando Francischini, Orlando Gutierrez, Roderick Navarro, Carlos Gomes, Francisco Javier, Abraham Bragança, Allan dos Santos, Miguel Martín, José Antonio Kast, María Fernanda Molina, Fidel Zavala e o Major-General Jorge Cuellar.

EMBAIXADOR VALLADARES

Embaixador Armando Valladares – Poeta, ex-preso político cubano, ex-embaixador dos EUA junto a comissão de direitos humanos da ONU Beatrice Rangel – Ministra da Secretaria durante a Presidência de Carlos Andrés Pérez (Venezuela) e representou o Presidente da Venezuela nos esforços de mediação que conseguiram selar o desenho do processo de paz na América Central nos Planos de Paz de Esquipulas e Arias. Os dois últimos nomes são representantes do The Interamerican Institute For Democracy com sede em Miami)

QUATRO PAINÉIS

Os convidados se dividirão em quatro painéis: Cultura, Política, Economia e Segurança.

O evento que pretende reunir 2.500 pessoas, nasceu do anseio de organizar a Direita Brasileira e fazer o contraponto ao Foro de São Paulo. Segundo os organizadores a ideia é reunir importantes líderes e economistas liberais da América Latina para debater os problemas atuais que ocorrem em nosso país e no mundo, e buscar soluções.

INSCRIÇÕES

O Mega evento ocorrerá no dia 8 de dezembro na cidade de Foz do Iguaçu no centro de convenções do Hotel Recanto das Cataratas e é uma realização da Fundação Indigo (ligada ao PSL de Jair Bolsonaro).

O evento é gratuito.

Inscrições abertas para o público e para a imprensa no site: http://www.cupulaconservadora.com.br/


OPINIÃO DE VALOR

José Dirceu e o STF

Por Antenor Demeterco Junior (*)

José Dirceu nos brindou com o primeiro volume de suas memórias escritas no cárcere.

Escreveu, segundo conta, para que sua filha de sete anos e meio conhecesse sua história de vida, e para que o leitor o julgue (cf. p. 16).

Aproveitou a sua prisão que considera “injusta e ilegal” para ler e estudar e: leu 100 livros na tranquilidade de sua cela.

Dirceu, já julgado por quem de Direito, em seu texto julga seus contemporâneos com punho de aço, em especial os seus julgadores.

FOGE DE STALIN

Em mais de uma oportunidade, esquiva-se do stalinismo, ou seja, do aspecto brutalmente criminal de sua própria ideologia.

Juiz de juízes critica acidamente os ministros nomeados em sua época para o Supremo Tribunal Federal e que não militam de acordo com seus interesses.

A nomeação de Luiz Fux foi, para Dirceu, um erro feio, “ao ponto de sermos enganados por um charlatão togado” (cf.p.451.).

SOBRE FACHIN

Fachin “se fazia amigo aliado de todos os movimentos sociais”, “um engodo” (“ibidem”.).

José Dirceu

Barroso “é um caso típico de como a cadeira de ministro, a vaidade e ânsia de poder mudam um advogado que renega toda a sua carreira anterior para servir aos poderosos” (“ibidem”.).

Alguns dos indicados “esqueciam-se do que haviam escrito, do que haviam ensinado a seus alunos, do que haviam praticado na magistratura, no Ministério Público, na advocacia, no Serviço Público e mesmo na vida partidária e política”.

ENTRE OS ‘ESQUECIDOS’

Confesso que entendo como uma felicidade que estes esquecimentos transformaram estes juristas em juízes.

Exemplifica entre os esquecidos os nomes de Ayres Britto, Cármen Lúcia e Joaquim Barbosa (cf.p.450.).

Dirceu com tais críticas revela um desconhecimento horripilante das funções e do comportamento de magistrados dignos deste nome: integrantes da mais alta corte não podem se disponibilizar a prestar serviços como gratidão a seus nomeantes.

GARANTIA DO JUIZ

A independência é a grande garantia da imparcialidade do juiz, que não pode estar vinculado a partidos políticos.

A metralhadora giratória de Dirceu não pode ser levada a sério, pois seus alvos estão sendo injustiçados vingativamente por estarem cumprindo seus deveres constitucionais.

A infelicidade atual de Dirceu é parte da fatura de seus próprios atos, pois ele é o punidor de si mesmo, como diziam os gregos: “heaautontimorumenos”.

A “LUTA ARMADA”

Atingiu ele os píncaros da glória política e despencou rapidamente para o ostracismo e o isolamento.

Foi abandonado por seus próprios companheiros, alguns da sofrida e insensata “luta armada” que não levou a nada, e deu sobrevida temporal ao governo de então (“erramos, e grosseiramente”.).

FRUSTRAÇÃO TOTAL

“Muitos atribuem a radicalização da ditadura ao surgimento das organizações armadas”, como ele mesmo insinua (cf. p. 53.).

A frustração é absoluta para Dirceu e os seus, principalmente após os resultados das últimas eleições presidenciais.

A desmoralização de seus julgadores não o inocenta de seus atos.

Uma autocrítica talvez atenuasse as suas ações pregressas.

Para juízes é melhor ser criticado por ele do que comprometedoramente ser elogiado.

(*) ANTENOR DEMETERCO JUNIOR: desembargador aposentado do TJ-PR; advogado; especialista em História do Século 20.


Novo secretário de Segurança anuncia comandos da PM e da Polícia Civil

Coronel Péricles de Mato, novo comandante da PM; Delegado Silvo Rockembach, novo delegado-geral da Polícia Civil; General Luis Carbonell, secretário de Segurança; e Major Welby Sales, chefe do Gabinete Militar

O general Luiz Felipe Carbonell, secretário de Segurança no governo Ratinho Junior, anunciou hoje (30/11) os nomes dos futuros comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. Silvio Jacob Rockembach será o delegado-geral e o coronel Péricles de Mato assumirá o comando geral da Polícia Militar. O major Welby Pereira Sales será o Chefe do Gabinete Militar da Governadoria.

O processo de escolha dos novos comandantes, segundo o general Carbonell, “seguiu a orientação do futuro governador e foi baseado na avaliação da capacidade profissional, na análise do currículo e do conhecimento das atividades de cada em suas áreas”. Segundo o futuro secretário, o trabalho de todos estará baseado na integração entre as forças e no uso intensivo de inteligência estratégica. Esses profissionais estão alinhados come esse propósito e são nomes que têm respaldo por terem conhecimento profissional adequado e se destacam com excelência.

O governador eleito avalizou os nomes e disse que “O Paraná pode esperar dessa nova equipe um trabalho profundamente técnico, com planejamento estratégico e a integração em todas as áreas da segurança pública.”

SILVIO JACOB ROCKEMBACH

O novo delegado-geral da Polícia Civil do Paraná é Delegado de Polícia desde 2002. Formado em Direito. Pós-Graduado em Inteligência Estratégica, pela Escola Superior de Guerra (ESG-MD). Diplomado no Curso Superior de Inteligência pelo Corpo Nacional de Polícia da Espanha (C.N.P.). Especialista em Gestão da Segurança Pública. Desde 2012 ocupa a função de Diretor da Agência de Inteligência da Polícia Civil (AIPC).

CORONEL PÉRICLES DE MATOS

O novo comandante geral da Polícia Militar do Paraná ingressou na Polícia Militar, como Cadete, em 1986. Declarado Aspirante à Oficial em dezembro de 1988. Depois de uma carreira de promoções contínuas, foi promovido ao posto de Coronel, por merecimento, em abril de 2012. Possui, entre outros, o curso de especialização SWAT/GATE. Foi comandante do Comando de Operações Especiais (COE) e é o atual comandante do 1º. CRPM em Curitiba.

MAJOR WELBY PEREIRA SALES

O novo chefe do Gabinete Militar da Governadoria é o atual Chefe de Planejamento do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGD), era anteriormente o Diretor de Inteligência do Departamento de Inteligência do Paraná, instituição responsável pelo planejamento, execução, coordenação, supervisão e controle das atividades de inteligência de segurança pública do estado.