A CPI mista (com deputados e senadores) dos Cartões Corporativos se reúne nesta terça-feira para eleger seu presidente e relator e dar início aos trabalhos da comissão.

A CPI mista (com deputados e senadores) dos Cartões Corporativos se reúne nesta terça-feira para eleger seu presidente e relator e dar início aos trabalhos da comissão. Na semana passada, o presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), fez a leitura da lista dos integrantes da CPI mista.
"Quero adiantar aos senadores que, tendo em vista o regimento, caberá agora ao titular mais idoso da comissão reuni-la para a escolha do presidente. Havendo acordo, isso se dará facilmente. O presidente designará o relator", explicou Garibaldi.
A senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) foi indicada pelo PSDB para presidir a CPI, enquanto o PT escolheu o deputado Luiz Sérgio (RJ) para a relatoria. Depois de um impasse que durou mais de três semanas, governo e oposição fecharam um acordo para o compartilhamento do comando da CPI.
Serrano se comprometeu em indicar Sérgio para a relatoria depois da sua escolha como presidente da comissão. O PT chegou a sugerir trocar com a oposição a relatoria pela presidência da CPI mista, mas sem apoio dos demais partidos da base aliada do governo, recuou na sua iniciativa.
A comissão será integrada por 24 parlamentares –12 titulares da Câmara e 12 do Senado– que vão investigar irregularidades no uso dos cartões corporativos do governo federal.