Coronavírus – demanda de teleatendimento em saúde aumenta mais de 700% em março

441

Plataforma Implus app, que disponibiliza orientações por 0800, videochamada e chat registrou aumento exponencial nas últimas semanas

A demanda por teleatendimento em saúde aumentou cerca de 730% na plataforma Implus app, após a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar situação de pandemia mundial de COVID-19. A comparação foi feita com base no número de atendimento médios registrados nos últimos três meses no aplicativo.

Monitoramento diário

O principal canal de procura é o teleatendimento via 0800, seguido das orientações por videochamada e chat. “A pessoa faz a ligação ou a videochamada diretamente no aplicativo e recebe orientações das equipes de saúde. No contato, o usuário pode relatar suas queixas, sintomas e esclarecer dúvidas, por isso a procura tem sido tão grande”, avalia Julyana Vieira, diretora da Implus Care.

O aumento da procura por esse tipo de atendimento motivou a empresa a criar um novo canal de saúde, via 0800, dedicado apenas para a orientação sobre o novo coronavírus. “A ideia é concentrar nesse atendimento as equipes de saúde que farão o monitoramento de sintomas e recomendações para os casos suspeitos, além de esclarecer dúvidas sobre a doença. Assim, conseguimos monitorar essa situação mais de perto”, afirma a diretora.

Nesse novo serviço, destinado ao uso de funcionários de empresas contratantes, o usuário tem acesso 24 horas às equipes de saúde para avaliação e instrução sobre os sintomas do novo coronavírus. “Sabemos que as pessoas estão com muitas dúvidas e temos convicção que informações de qualidade são verdadeiras armas no combate à pandemia”, considera Julyana.

As equipes médicas da ImplusCare focadas no Programa Covid 19 monitoram diariamente, por videochamada, os pacientes incluídos no protocolo e com isso acompanham de perto as evoluções dos quadros e possíveis encaminhamentos quando há agravo dos sintomas. “Nossa equipe é capacitada para fazer o acolhimento dos pacientes e estão atentos aos sintomas tanto físicos quanto emocionais. Muitas vezes, a temática principal dos atendimentos é a insegurança e ansiedade com relação à doença. Por isso, também contamos com psicólogos online 24h que podem fazer o amparo nesses casos”, esclarece a diretora.

Segundo ela, até mesmo nos casos em que é necessária a consulta presencial, o monitoramento remoto é viável. “O médico que está fazendo o acompanhamento por teleatendimento vai indicar quais as precauções o paciente deve tomar no deslocamento e também pode indicar as unidades de saúde que são referência no atendimento aos casos de coronavírus”, explica.

Tipos de atendimento – serviço com central de 0800 com atendimento de profissionais de enfermagem e médicos. Monitoramento médico por videochamada dos casos suspeitos com protocolos validados pela OMS. Acompanhamento de casos suspeitos por 30 dias com rotina diária de contato nos primeiros 15 dias. Emissão de declaração de teleatendimento para funcionários. “Esse serviço é destinado as empresas para ofertarem o atendimento aos funcionários. Sendo que os planos variam conforme o contrato de opção”, explica a diretora.

Fonte: www.grupoimplus.com.br