ger1A Copel investiu R$ 587 milhões no terceiro trimestre de 2015, conforme o balanço da empresa divulgado quarta-feira. Grande parte do investimento foi em obras de melhoria e ampliação da rede elétrica no Paraná.

“A Copel está investindo para manter os bons serviços de fornecimento de energia para os paranaenses”, disse o presidente da Copel, Luiz Fernando Vianna. “Na segunda-feira, recebemos o prêmio de segunda melhor distribuidora da América Latina.” O balanço também mostra que a Copel teve Receita Operacional Líquida de R$ 3,2 bilhões, com lucro líquido de R$ 91,4 milhões no trimestre.

Um dos destaques do trimestre foi o lançamento do Mais Clic Rural, em agosto, um novo programa de investimentos para a área rural do Paraná. O Mais Clic Rural tem o objetivo de aprimorar a infraestrutura para aumentar a qualidade do fornecimento de energia e a agilidade no restabelecimento do serviço em caso de interrupções.

Com investimento previsto de R$ 500 milhões até 2018, o programa abrange a construção de 3 mil quilômetros de novas redes, 30 subestações, 1.500 religadores automatizados e, ainda, a implementação da tecnologia de redes inteligentes no interior do Paraná.

PRÊMIO CIER DE QUALIDADE

A Copel ficou em segundo lugar no Prêmio Cier de Qualidade (Comisión de Integración Energética Regional). Participaram dessa edição do Prêmio 59 empresas de distribuição de 13 países de toda a América do Sul e do Caribe. A metodologia visa avaliar o Índice de Satisfação do Cliente com a Qualidade Percebida (Iscal). Nas últimas cinco edições do Prêmio Cier a Copel esteve entre as três empresas melhor colocadas e foi a vencedora em 2011, 2012 e 2014.

EÓLICAS

No último trimestre, a Copel concluiu a instalação do Complexo Eólico Brisa Potiguar. Com a entrada em operação dos últimos seis aerogeradores do Parque Eólico Asa Branca II, a Copel passou a ter 11 parques eólicos em fase operacional, todos localizados no Rio Grande do Norte, totalizando 277,6 MW de capacidade instalada.