A Copel vai investir R$ 227 milhões em obras e novos empreendimentos somente na região Norte do Estado. Foto: Divulgação Copel

A Copel vai investir R$ 227 milhões em obras e novos empreendimentos somente na região Norte do Estado. O número foi apresentado pelo presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero, e pelo diretor de Distribuição, Maximiliano Orfali, em reunião com empresários nesta quinta-feira (11), em Londrina.

A conversa de Slaviero e Orfali faz parte de uma rodada de reuniões que os executivos estão fazendo em várias regiões do Estado para apresentar os investimentos para os próximos três anos. “O Paraná precisa de mais investimentos e é isso que já estamos fazendo. Tenho a convicção de que estamos no caminho certo”, afirmou o presidente da Copel.

No próximo triênio, a região Norte vai ganhar cinco novas subestações e 275 quilômetros de novas redes de distribuição de alta tensão. Ao todo, serão investidos R$ 105 milhões nestas obras estruturantes.

Já a rede de média tensão, que atende diretamente ao consumidor, vai receber R$ 122 milhões de investimentos entre 2019 e 2021. São cerca de 1.300 obras que englobam religadores, reguladores de tensão e 370 quilômetros de novas redes.

“A Copel está engajada em fazer o melhor para aprimorar o fornecimento de energia nas diversas regiões do Estado, e o Norte está no nosso foco de investimentos. As obras que prevemos para a região vão garantir energia de mais qualidade e com mais confiabilidade, do campo à cidade, da indústria ao comércio”, afirmou Maximiliano Orfali.

O presidente da Copel finalizou o encontro reiterando os investimentos como estratégicos, tanto para a Copel como para a população. “Investir na distribuição de energia nos traz três grandes ganhos: em tecnologia, em eficiência e, mais importante de tudo, atendemos bem os nossos clientes”, acrescentou Slaviero.