Coordenador da Lava Jato na PGR pede demissão

355

O coordenador do grupo de trabalho da operação Lava Jato na PGR (Procuradoria Geral da República), José Adonis Callou de Araújo Sá, pediu para deixar o cargo na quinta, dia 23 de janeiro de 2020.

O subprocurador-geral da República estava no cargo desde outubro de 2019, designado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, que criou a função. Até então, a Lava Jato na PGR atuava sem coordenação.

Araújo Sá ainda não se manifestou sobre o motivo da saída. A subprocuradora-geral da República Lindôra Maria Araújo será a nova coordenadora. Ela também já integra a atual equipe da gestão da PGR como secretária da Função Penal Originária no STJ (Superior Tribunal de Justiça). Acumulará as duas funções.

Segundo a PGR, além da mudança na coordenação, Aras decidiu reforçar a equipe com a designação de 2 novos integrantes. Desta forma, a equipe passa a ser composta por 8 procuradores-gerais, além da coordenadora.