Por incrível que possa parecer, em pleno século 21, com tantos avanços sociais e econômicos, o trabalho escravo ainda é um problema real no Brasil. Infelizmente, há muitas pessoas que precisam ser resgatadas dessa situação que trouxe e traz muita vergonha ao país. O lado bom da história é que, hoje em dia, a rejeição a essa prática é bastante sólida na sociedade em geral. A consolidação mundial dos direitos humanos faz com que os casos de escravidão sejam descobertos e punidos com rigor. É incrível como o problema atinge diversas regiões, das menores até os grandes centros urbanos. Por isso, o combate deve ser constante e precisa abranger todas as regiões do território nacional.

Em Pernambuco, por exemplo, no município de Santa Cruz do Capibaribe, o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fizeram ontem ação educativa conjunta. As equipes forneceram à população esclarecimentos sobre a prática desse crime, assim como a relação com o tráfico de pessoas e os meios para denunciá-lo. Essa conscientização é importantíssima e não pode parar. Os casos não acontecem a toda hora, mas são mais comuns do que se pensa. É inadmissível que o Brasil, ou qualquer outro país, ainda conviva com a escravidão.