Com uma leitura contemporânea, o BRW Arquitetos Associados projetou para a sua 4ª participação da Mostra Artefacto Curitiba 2019, o loft do jovem casal. Repleto de personalidade, tecnologia e repertório, o ambiente de 65m2 soma sala de estar, quarto, jantar, bem como uma cozinha integrada. A ideia dos profissionais Gisele Busmayer, Carolina Reis e Wilian Toledo – que assinam o espaço – é revelar uma geração que valoriza cada vez mais viagens, experiências e memórias herdadas da família. “A nova geração tem repensado padrões de consumo e surge uma questão muito comum: eu preciso mesmo disso? Paralelamente, nos deparamos cada vez mais com espaços menores para se viver. Pensando nisso, idealizamos um ambiente onde os mobiliários da Artefacto se apresentam, além de sofisticados, versáteis em espaços menores”, explica a designer Carolina Reis.

AUTOMAÇÃO – Com a intenção de mostrar o quanto a tecnologia está embarcada no cotidiano das pessoas e provar que ela pode ser simples, a automação é um dos grandes destaques do loft. Cenas de luz e até áudio e vídeo podem ser acionados de forma versátil: touch ou tecla física. Os painéis retroiluminados posicionados atrás da cozinha e atrás do sofá proporcionam, uma sensação de luz natural.

MULTIFUNCIONALIDADES – O layout mais aberto e fluído, a disposição despojada das obras de artes e a organização dos eletrodomésticos e mobiliários multifuncionais tiram a hierarquia dos cômodos, permitindo que o casal possa reposicionar as peças dentro do próprio loft. “Saímos do padrão de móveis muito planejados para que o ambiente fosse recriado da forma que eu o casal quiser”, conta Carolina.

Dessa forma, o coração do projeto são os dois armários gêmeos feitos sob medida. Enquanto um serve para dar suporte à área do forno e dos eletrodomésticos, o outro assume a função de cristaleira, para taças, talheres e acessórios. “A parte externa é revestida de lâmina natural, e o interior forrado de laca metalizada laranja – um elemento surpresa do projeto, cujo objetivo é mostrar que a essência vem de dentro”, explica o arquiteto Wilian Toledo. Para ele, a essência remete àquilo que os clientes são, acreditam e vivem, além de provocar uma reflexão. “Em espaços multiusos, a sala de jantar se transforma em cozinha, sem a rigidez tradicional e pode ser reorganizada conforme a preferência dos seus moradores”, completa Toledo.