No verão, período quente e de chuvas frequentes, os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegyptiprecisam ser redobrados. A Prefeitura faz ações durante todo o ano com o programa Curitiba Sem Mosquito, mas para manter a cidade livre do risco de doenças transmitidas pelo Aedes, o apoio de todos é essencial.

“Curitiba tem feito grandes esforços para manter-se longe da dengue, zika e chikungunya, mas é preciso que toda a população faça sua parte. Cuidados simples bastam para que o mosquito não se reproduza” destaca a coordenadora do programa Curitiba Sem Mosquito, Tatiana Faraco.

O Verão 2019 tem exigido alerta redobrado: a estação está proporcionando condições climáticas muito favoráveis para ao Aedes. As altas temperaturas combinadas às constantes chuvas criam o ambiente ideal para o mosquito. A melhor forma de combatê-lo é impedir que água parada se acumule, pois é onde os ovos do mosquito se desenvolvem.

Combate à dengue começa dentro de casa

Nas casas, vários pontos podem acumular água e devem ser checados pelos moradores. “Essa vistoria é um hábito a ser criado. O ideal é que seja feito a cada sete dias”, lembra Tatiana. É nesse período que os ovos evoluem para larvas e se transformam em mosquitos.

“É importante observar os detalhes e não deixar acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, vasos de plantas, garrafas, caixas d´água, tambores e lixeiras”, orienta a coordenadora.

Além do cuidado das próprias residências, a população pode contribuir pelo 156, tanto pelo telefone quanto pelo site (http://www.central156.org.br), para solicitar a inspeção de imóveis onde haja suspeita de focos do mosquito.

Curitiba sem Mosquito

O programa Curitiba Sem Mosquito funciona durante todo o ano com ações de prevenção à dengue e outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti. Promove vistorias em casas, comércios e espaços públicos, ações pedagógicas de conscientização de combate ao Aedes, monitoramento em áreas com suspeitas de focos.

O programa também promove o Mutirão Curitiba sem Mosquito, que faz a coleta de entulho em regiões vulneráveis.